Como se faz uma crítica?

crítica construtiva crítica destrutiva

Provavelmente você se perguntando ‘Por que devemos fazer críticas a alguém?’

A crítica é uma ferramenta muito valiosa na comunicação, pois nem sempre as pessoas se comportam de forma adequada em alguns contextos e a crítica bem realizada vai ajudar a pessoa a ter uma visão realista de si e a partir disso ter a possibilidade de mudar esses comportamentos.

Vou te contar 2 formas muito eficazes para realizar uma crítica sem prejudicar suas relações. Vamos Juntos?

Antes de qualquer coisa, precisamos compreender que existem 2 tipos de críticas: Crítica Construtiva e Crítica destrutiva.

CRITICA CONSTRUTIVA

– Ajudar o outro a entender qual comportamento específico ela necessita melhorar, é muito pontual e ajuda o outro a se desenvolver pessoalmente.

“Olha meu amigo, quando você conversa comigo durante a aula, eu me desconcentro e tiro notas ruins!”

CRITICA DESTRUTIVA

– Apenas aponta os erros da pessoa, desqualificando o outro como um todo, não auxilia no desenvolvimento pessoal.

“Tirei notas ruins porque você sempre me atrapalha!”

 

Vamos para as duas formas mais adequadas de realizar a crítica:

1ª forma: DESCREVER / EXPRESSAR / ESPECIFICAR / SOLUÇÃO

DESCREVER de forma objetiva o comportamento que precisar ser modificado, quando ocorre, frequência com que ocorre.

EXPRESSAR o que você sente quando esse comportamento ocorre.

ESPECIFICAR claramente o que a pessoa deve mudar em seu comportamento.

– Indicar uma possível SOLUÇÃO e as consequências positivas que podem acontecer com a modificação desse comportamento.

 

2ª forma: TÉCNICA DO SANDUICHE

– Inicie com um elogio.

– Pontue a crítica seguindo as dicas anteriores.

– Finalize com um novo elogio.

Realizar ou receber uma crítica nem sempre é fácil e muito menos agradável, pode gerar um sentimento de frustração e tristeza, mas é muito importante refletir sobre o que foi exposto. E ao realizar uma crítica, TREINE, fale em voz alta com você mesmo e se coloque no lugar do outro, como você sentiria se recebesse a crítica dessa forma? Você seria capaz de compreender? Assim fica muito mais fácil!

Texto escrito por: Andressa Oliva

Gostou do artigo, compartilhe com a rede!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Você também pode gostar

ORIENTEME NA SUA EMPRESA!

Deseja mapear a saúde emocional da sua empresa, oferecer atendimento psicológico aos colaboradores e acompanhar a evolução da saúde emocional das equipes? Solicite um orçamento no botão abaixo e entraremos em contato o quanto antes.

Deseja solicitar um orçamento para sua empresa?

ORIENTEME PARA VOCÊ!

Deseja falar com seu psicólogo por mensagens e videochamadas, quando e onde quiser?

Conheça mais os nossos planos!

INDIQUE A ORIENTEME PARA SUA EMPRESA!