Home > Blog > O “Não” Te Fortalecerá!

O “Não” Te Fortalecerá!

não te fortalece

E por que não?

Muitas pessoas têm medo, trauma e uma visão muito deturpada da palavra “não”. Pessoas entram em depressão, perdem interesses, inventam desculpas para assuntos e tarefas que precisam ser executadas, congelam quando ouvem um “não”.

A questão é que o “Não”, sempre nos acompanhou. Em qualquer fase de nossas vidas, mas as pessoas não se lembram ou lembram tão bem que o fato de ter escutado um “não” na infância que pode ter acarretado também uma repressão mais drástica que criou uma cadeia de bloqueios e uma frustração absurda. A infância é a fase mais perigosa e traumática quando as coisas acontecem da maneira que os adultos não querem que aconteçam, como muitos pais acreditam na troca de figura de palavras, situações que podem ou não atrapalhar a vida infantil. Há casos de pais que acreditam que “aquilo” que é dito ser bom para a criança, de acordo com a educação que foi oferecida na infância arcaica, não é bom para a sua criança. Muitas vezes a criança é reprimida por algo que não fez ou inofensivo que não há necessidade de agir com o “não” drástico. É confuso, mas na verdade criei este artigo não para servir de conceitos psicológicos, mas para fazer com que você, querido leitor, se identifique e amadureça suas idéias perante o “não”, fazendo com que você enfrente-o de maneira mais tranqüila para seu bem-estar.

Tenho escutado muitos pacientes com medo que ouvir um “não”, seja no trabalho, na vida social ou na vida amorosa e isso faz com que o medo transpareça e perca oportunidades boas para a melhoria do ego.  O “não” não faz você se sentir inferiorizado, não faz perder coisas boas, não faz perder o dia afundado em um travesseiro chorando. 

O “não” te fortalece!

Sim! Fortalece!

Por quê?

Receber um “não” não é mostrar sua incapacidade, é você aprender que naquele momento “não” é propício, mas em outras situações você pode conseguir o que deseja.

Não é para você perder a auto-estima, não é para você deixar de lado uma tarefa que foi ordenada, não é para você perder o desejo de conquistar pessoas de seu interesse pessoal, nem perder o desejo sexual!!  Não conseguiu no momento? Parte para outra que pode fazer  melhor e mais proveitoso!

A avó do meu esposo sempre diz a seguinte frase: “Sempre que quiser algo, pergunte. O máximo que você pode receber é um não naquele momento. Mais para frente, quem sabe…”.

Não é pessimista, mas alimenta esperança. Não é triste, mas é um modo de pensar, pois às vezes nossa maneira de perguntar foi mal formulada. Mais a diante, mudando as palavras, mas com o mesmo desejo de outrora, podemos conseguir o que desejamos.

Fazer a côrte, por exemplo. Aquela garota que você tem “visado”. Chegar junto, conversar em busca de assuntos de ambos os interesses, ser autêntico e conquistar com seu jeito é algo que mesmo que você receba um “não” daquela pessoa, não é para desistir de outras, pois isso faz com que os pensamentos comecem a trabalhar com a ordem das palavras, melhorar o desempenho social e fortalecer seu desejo de busca.

Receber um “não” não é o fim do mundo e não vai te fazer apodrecer na solidão. “Não” fortalece e faz com que você aprenda com os momentos, as pessoas e seus erros. Com certeza, pense, com certeza o que vier pela frente será muito melhor, continue, nunca desista no primeiro momento… Keep Walking.

Texto escrito por: Lilian Aldeia, psicóloga OrienteMe.

Na OrienteMe, é possível fazer terapia online todos os dias, por meio do smartphone ou computador, de forma anônima, sem ter que marcar horário. Gostaria de ser atendido/a pela Lilian? Clique aqui e em seguida no botão “Atenda Comigo”

E-BOOK GRATUITO

Como o Feedback pode transformar as relações na sua empresa.
Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.