Luto no escritório: como lidar

saude-mental-luto-trabalho

É inegável não admitir as mudanças pelas quais o mercado de trabalho passou nos últimos anos. Desde a horizontalização da hierarquia à implementação dos modelos de trabalho inspirados nas startups, os profissionais tiveram de se adaptar a novas rotinas e processos. Entretanto, a máxima de “vida pessoal X vida profissional” sempre prevaleceu nos escritórios. Apesar de ir contra a natureza humana, quem não sabia esconder questões de cunho pessoal era visto como um mau profissional

Contudo, a humanização do ambiente de trabalho, a valorização da empatia e a atenção à influência emocional no trabalho tornou-se um dos pilares do futuro dos recursos humanos. A pandemia só acelerou esse processo, afinal, o isolamento social fez com as companhias adotassem o home office e, com isso, a casa, a família e todas as questões tidas anteriormente como pessoais invadiram a rotina corporativa. Além disso, os profissionais dos RHs passaram a dar mais valor para a saúde mental, e as empresas investiram no bem estar dos funcionários. 

Como lidar com o luto no ambiente profissional?

Um dos aspectos mais delicados que a pandemia trouxe para a vida das pessoas foi o aumento de óbitos. E compreender os impactos do luto tornou-se um diferencial e uma prioridade para o futuro do RH. Seja a perda de uma pessoa querida, um familiar ou um colega, a morte passou a fazer parte do cotidiano de todos, tornando essa uma das causas de transtornos mentais no trabalho

É consenso o fato de não existir uma regra específica para lidar com a perda de uma pessoa, porém, oferecer suporte e apoio para que o funcionário se sinta acolhido é uma das formas de promover o equilíbrio entre o trabalho e a saúde mental. E a pandemia deu abertura para que esse tipo de assunto tivesse mais abertura. 

Empresas que investem no bem estar dos funcionários passaram a investir na terapia como benefício e, em um momento tão delicado como o luto, ele é fundamental para demonstrar respeito e empatia por parte da empresa. 

Como a terapia online pode ajudar?

As plataformas de terapia online oferecem suporte e apoio para que as pessoas possam lidar com questões como a morte de uma maneira segura e acolhedora, afinal, o psicólogo pode ajudar no processo de luto, prevenindo que ele se torne uma das causas de transtornos mentais no trabalho. 

Além disso, a terapia online também é uma ferramenta importante para auxiliar os profissionais a lidarem com o luto dos colegas e pares, e para orientar os líderes a como mostrar respeito e empatia nesses momentos. O processo de luto é fundamental, pois é um período em que a pessoa passa por fases que tornarão a aceitação da perda mais fácil, contudo, uma pessoa enlutada pode apresentar tristeza, raiva, melancolia, crises de ansiedade e quadros depressivos. Para o gestor lidar com essas reações pode ser difícil, por isso, a terapia tem importância também para as pessoas que convivem com o enlutado, principalmente quando são seus superiores. 

O luto é um processo que a grande maioria das pessoas passará em alguma fase da vida e, trabalhar em uma empresa que compreende as reações emocionais causadas por um trauma tão profundo e doloroso já oferece conforto e acolhimento.

volta-ao-trabalho-saude-mental

Gostou do artigo, compartilhe com a rede!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Você também pode gostar

ORIENTEME NA SUA EMPRESA!

Deseja mapear a saúde emocional da sua empresa, oferecer atendimento psicológico aos colaboradores e acompanhar a evolução da saúde emocional das equipes? Solicite um orçamento no botão abaixo e entraremos em contato o quanto antes.

Deseja solicitar um orçamento para sua empresa?

ORIENTEME PARA VOCÊ!

Deseja falar com seu psicólogo por mensagens e videochamadas, quando e onde quiser?

Conheça mais os nossos planos!

INDIQUE A ORIENTEME PARA SUA EMPRESA!