Orienteme Saúde Ocupacional e Bem Estar corporativo

Desempenho do processo de treinamento e desenvolvimento de equipes

Descubra como transformar o
bem-estar da sua empresa

Nível de participação em treinamento

Mede o número de funcionários que participam dos programas de treinamento e desenvolvimento em relação ao número total de funcionários da empresa. Isso pode indicar o nível de interesse dos funcionários pelo treinamento e desenvolvimento.

Como calcular: para calcular, é preciso dividir o número de pessoas que foram ao treinamento pelo total de colaboradores da empresa.

A fórmula é:

Nível de participação em treinamentos = (número de pessoas que aderiram ao treinamento / total de colaboradores) x 100.

O exemplo é:

Nível de participação em treinamentos =  40/150 x 100 =  26,6%

Custo mensal dos programas de treinamento

Mede o custo total dos programas de treinamento e desenvolvimento, incluindo salários dos instrutores, materiais didáticos, alimentação e hospedagem e outras despesas. Isso pode indicar a eficiência do processo em termos financeiros.

Como calcular: esse é um cálculo bem simples, onde é necessário somar todos os gastos da empresa. Dentro de suas possibilidades, é possível dividir esse número pelos meses do ano para ver a média de gastos mensais.

A fórmula é: 

Custo mensal dos programas de treinamento = total gasto com programas de treinamento / 12 meses do ano

O exemplo é:

Custo mensal dos programas de treinamento = 50.000/12 = 4.166,66 por mês

Avaliação média do aprendizado

Como calcular: para saber essa métrica, é necessário aplicar um questionário abordando os principais temas tratados durante o treinamento. Depois, calcule a nota média dos colaboradores.

A fórmula é:

ao final do treinamento, aplique uma prova abordando tudo o que foi tratado durante o curso. Depois, calcule a nota média dos colaboradores.

Tempo médio de treinamento por pessoa

mede a média de tempo gasto em treinamentos na empresa. Isso pode indicar a contribuição dos programas para o sucesso da organização.

Como calcular: é preciso dividir o número total de horas investidas em treinamento pelo total de colaboradores da empresa. Ao final, também é possível calcular o percentual de quantas horas totais são passadas em treinamento anualmente, por exemplo.

Se um funcionário, por exemplo, passou 200 horas em treinamento em um ano, e ele trabalha uma média de 2 mil horas em média por ano, o percentual dedicado a treinamentos será de 10%.

A fórmula é: 

Tempo médio de treinamento por pessoa = número total de horas em treinamento / número total de empregados) 

O exemplo é:

Tempo médio de treinamento por pessoa = 2000/20 = 100 horas

Se um funcionário, por exemplo, passou 200 horas em treinamento em um ano, e ele trabalha uma média de 2 mil horas em média por ano, o percentual dedicado a treinamentos será de 10%