Orienteme Saúde Ocupacional e Bem Estar corporativo

Indicadores financeiros

Descubra como transformar o
bem-estar da sua empresa

Sinistralidade

É a relação entre o custo dos sinistros e o prêmio recebido pelas operadoras de planos de saúde. Ela é de extrema importância para as empresas, tanto por seus impactos financeiros quanto sobre as informações que denuncia em relação à saúde da equipe.

Como calcular: A sinistralidade é medida a partir da relação entre dois conceitos: o sinistro e o prêmio.

Sinistro é quanto a operadora gasta com os beneficiários (as despesas médicas). Já o prêmio é quanto a operadora recebe dos beneficiários (as receitas, as parcelas pagas do plano de saúde, etc). 

Assim, quanto maior o sinistro, maior o custo para a empresa.

Portanto, o cálculo é feito ao dividir o valor do sinistro pelo prêmio, multiplicando esse valor por 100 no final.

A fórmula é: 

Sinistralidade = sinistro / prêmio x 100

O exemplo é:

Sinistralidade = 180.000 /110.000 X 100 =163%

Custo médio de recrutamento

é o custo relacionado ao processo de recrutamento de novos funcionários. Monitorar este indicador ajuda a garantir que a empresa está gastando com recrutamento de forma eficiente.

Como calcular: é preciso somar todos os gastos com os processos de recrutamento em determinado período da empresa, dividindo-o pelo número de processos realizados.

A fórmula é:

Custo médio de recrutamento = gasto total com o processo de recrutamento / número de recrutamentos em determinado período 

O exemplo é:

Custo médio de recrutamento = 600 / 2 = 300

Custo médio de saúde

é o valor gasto com planos de saúde e outros pontos voltados para os recursos humanos. Aqui, estão incluídas tanto ações e benefícios voltados à saúde da equipe, quanto gastos com afastamentos, acidentes e doenças ocupacionais, entre outros. É importante verificar este indicador de RH para entender se a saúde da equipe está em dia, ou se a empresa está tendo muitos gastos. 

Como calcular: esse indicador é calculado ao dividir o custo total gasto com a saúde dos colaboradores pelo número total de funcionários.

A fórmula é:

Custo médio de saúde = custo total com a saúde / número de colaboradores

O exemplo é:

Custo médio de saúde = 50.000/100 = 500

Custo de segurança do trabalho

é o custo relacionado à segurança no local de trabalho. É importante monitorar este indicador para garantir que os funcionários estão trabalhando em um ambiente seguro, que não prejudica sua saúde, até mesmo de forma permanente.

Como calcular: tirar o valor gasto com problemas na saúde ocupacional

A fórmula é: 

Custo de segurança do trabalho  = Custo direto + custo indireto

O exemplo é:

Custo de segurança do trabalho  =  5000 + 10.000 = 15.000

Horas extras

As horas extras dizem respeito ao tempo trabalhado fora o que está acordado no contrato dos colaboradores. É importante monitorá-lo, especialmente porque muitas horas extras podem comprometer a saúde e o engajamento do time.

Como calcular: o valor da hora extra, atualmente, é de 50% adicional à hora normal de trabalho. Assim, para iniciar o cálculo, é preciso entender a quantia recebida por uma hora de trabalho. Para esse cálculo, basta dividir a remuneração mensal pelo número de horas mensais. Após isso, é só multiplicar esse valor pelas horas extras trabalhadas.

A fórmula é:

Horas extras = (Salário mensal/horas mensais trabalhadas) x 50% x horas trabalhadas 

O exemplo é:

Horas extras = (2200/180) x 50% x 5 = 30,5