3 sinais que os líderes da sua empresa precisam de apoio psicológico

saude-mental-lideres

Desde 2020, o termo “saúde mental” ganhou destaque e tornou-se uma das grandes tendências para o futuro do trabalho. Essa preocupação com o bem-estar mental dos colaboradores aumentou principalmente por conta do isolamento social e das inseguranças trazidas pela pandemia da Covid-19. 

Além do home office e da falta de contato físico, a quarentena também aumentou os casos de ansiedade, estresse e estafa mental, fazendo com que as empresas buscassem soluções para ajudar o time a lidarem com essas questões e terem mais qualidade de vida no trabalho.  

Apesar de os efeitos negativos terem afetado profissionais de todos os níveis, os líderes sentiram uma pressão extra, afinal, além de lidarem com os próprios desafios, eles são responsáveis pela gestão da equipe e suas tarefas têm um peso maior para a empresa. 

A liderança em tempos de pandemia

É inegável que o mercado de trabalho não será mais o mesmo. As mudanças que a pandemia trouxe para o mundo foram profundas demais para serem simplesmente esquecidas quando a crise causada pelo coronavírus passar. 

E diante de um futuro que ainda segue incerto, muitas dúvidas e inseguranças podem surgir, principalmente para profissionais em cargos de gestão que, além de lidarem com demandas mais estratégicas, lidam com o futuro de outras pessoas. 

Uma das principais características que os líderes do futuro devem desenvolver é a inteligência emocional. Essa skill tem a ver com a capacidade de administrar a forma de lidar com as emoções conforme as situações exigem. 

Trabalhar a inteligência emocional no trabalho fornece as ferramentas ideais para que os gestores consigam construir um ambiente seguro e acolhedor, em que o colaborador se sinta confortável para abordar desde demandas do dia a dia até assuntos mais delicados, como questões relacionadas à saúde mental no ambiente profissional.  

E quando o líder não está bem?

Dentre as funções de um líder está a gestão de pessoas, logo, o gestor também é responsável por perceber quando algo não vai bem com um colaborador da sua equipe. Mas e quando um líder não está bem? Neste caso, o RH deve estar atento e próximo da liderança. 

O bem-estar dos gestores é um tema profundo, que passa por pontos importantes, afinal, quando o líder não está bem, ele pode afetar todo o time. Apesar de cada pessoa ter características únicas, existem alguns sinais que podem indicar quando algo não está bem

1. Falta de transparência

Independentemente da área de atuação, a comunicação é uma habilidade essencial para qualquer pessoa em cargo de liderança. Quando a comunicação passa a ser escassa e o gestor passa a ser mais ausente, a desinformação tende a criar mais conflitos internos. Muitas vezes, quando o líder está se sentindo sobrecarregado ou estressado, ele busca evitar o problema, e uma das formas de fazer isso é manter o silêncio sobre o tema, gerando insegurança e instabilidade na equipe.  

2. Mudança brusca de comportamento

Quando o gestor passa a ter menos iniciativa, ser negativo ou com baixo interesse na cooperação e no trabalho, é importante acender a luz amarela, principalmente quando esses fatores impactam diretamente na entrega, com atrasos, aumento de erros e piora da qualidade. 

3. Má gestão do tempo

Dificilmente você vai ouvir um gestor afirmar que não está sobrecarregado, afinal, com o aumento da responsabilidade, também existe o aumento das tarefas. Porém, é fundamental que um bom gestor saiba ser organizado com as demandas. Se ele passa a se perder, ou a trabalhar mais horas por dia, pode ser um sinal de que algo não vai bem. Pessoas que sofrem com ansiedade tendem a ser procrastinadoras e, por isso, acabam gerindo mal o seu tempo. 

Terapia online para a liderança

O apoio de um psicólogo corporativo é uma das soluções que têm ganhado força do último ano para cá, pois é uma das alternativas mais eficientes para ajudar os líderes a lidarem com questões relacionadas à saúde emocional e à qualidade de vida no trabalho. 

O apoio psicológico pode ajudar esse profissional a trabalhar questões relacionadas às suas vulnerabilidades e também pode auxiliá- lo a criar um ambiente de trabalho saudável e amistoso, além de ajudar o seu time a se manter emocionalmente saudável. 

A plataforma de terapia online e bem estar, como a OrienteMe, proporciona liberdade para que o líder possa fazer o atendimento psicológico de acordo com a sua agenda de maneira segura e acessível. A OrienteMe ainda oferece uma série de outros benefícios, como exercícios de meditação e respiração, fundamentais para dar equilíbrio à rotina de pressão e muitas demandas que fazem parte do dia a dia dos líderes e gestores. 

volta-ao-trabalho-saude-mental

Gostou do artigo, compartilhe com a rede!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Você também pode gostar

ORIENTEME NA SUA EMPRESA!

Deseja mapear a saúde emocional da sua empresa, oferecer atendimento psicológico aos colaboradores e acompanhar a evolução da saúde emocional das equipes? Solicite um orçamento no botão abaixo e entraremos em contato o quanto antes.

Deseja solicitar um orçamento para sua empresa?

ORIENTEME PARA VOCÊ!

Deseja falar com seu psicólogo por mensagens e videochamadas, quando e onde quiser?

Conheça mais os nossos planos!

INDIQUE A ORIENTEME PARA SUA EMPRESA!