Home > Blog > Como construir um ambiente de confiança no trabalho: 8 passos para aplicar!

Como construir um ambiente de confiança no trabalho: 8 passos para aplicar!

confiança no trabalho

A confiança no trabalho é fundamental para o bom funcionamento de uma organização. 

Para ser um ambiente saudável e de grandes resultados, o ambiente corporativo deve ser construído a partir dessa base. Inclusive, estudos descobriram que ela é um dos segredos das organizações de alta performance.

Porém, isso nem sempre é algo fácil de se construir, então, como esses negócios conseguem chegar lá? É exatamente o que iremos abordar neste artigo! Você entenderá o passo a passo para desenvolver ambientes baseados na confiança no trabalho

Vamos lá!

Qual a importância da confiança no trabalho?

A confiança é uma base muito importante para que os colaboradores se sintam seguros e motivados na organização. Sem ela, é bem difícil que eles alcancem uma boa performance e aumentem seus resultados.

Isso porque, grande parte das pessoas passa entre 8 e 12 horas por dia no emprego. Assim, se as relações nesse ambiente forem estressantes, isso pode contribuir para o desenvolvimento de doenças ocupacionais, principalmente aquelas associadas à saúde mental.

Para líderes, a confiança de seus liderados é muito importante. Isso porque, ao conquistá-la, é possível impulsionar os colaboradores a entregarem maiores resultados. Isso acontece porque eles confiam e veem que suas funções são parte de um processo que trará retornos positivos.

Além disso, a confiança no trabalho abre espaço para um maior comprometimento, cooperação, busca por superação, boa comunicação e para o aumento da satisfação em geral.

Assim, buscando entender mais sobre as relações nas empresas, o neurocientista Paul Zav chegou à conclusão de que as empresas de alto resultado têm uma base em comum: a confiança.

Em seu livro Trust Factor: The Science of Creating High Performance Companies, ele divulgou os resultados de sua pesquisa, concluindo que a confiança é o segredo para mais produtividade, inovação e bem-estar entre os colaboradores.

Assim, esses efeitos funcionam em “efeito dominó”. Ao fortalecer esses pontos, as relações e a percepção no trabalho, as equipes se sentem mais felizes e entregam mais.

Tipos de confiança no trabalho

Quando falamos de confiança no trabalho, existem diferentes percepções desse conceito. Acontece que, nas empresas, há mais de um tipo de noção de confiança no trabalho. 

Eles são partes que, juntas, formam um ambiente de confiança na organização. Vamos explicar quais são esses tipos para você entender melhor.

Confiança na organização

Um dos principais tipos de confiança é aquele depositado na própria empresa. Ele pode se desdobrar em várias divisões. Existe a confiança que os colaboradores têm nos produtos/serviços e missão da empresa; a confiança que os clientes depositam nela e também a confiança que ela transmite ao mercado.

Assim, esse pilar é um dos principais a ser fortalecido para melhorar as relações e os resultados internos.

Confiança no colaborador

Os funcionários, ao desempenharem suas funções, fazem os processos da organização acontecerem no dia a dia. Sendo assim, a empresa precisa confiar no trabalho deles.

Por outro lado, o funcionário também precisa desenvolver sua autoconfiança. Ao ter essa responsabilidade, é preciso que ele tenha capacidades técnicas e emocionais para cumpri-la. 

Confianças nas metas e resultados

As metas e resultados são, na maioria das vezes, os guias das empresas. Por isso, é essencial que as pessoas da organização também confiem nos objetivos que ela tem. Ao ter essa confiança, os envolvidos conseguem ter mais foco e motivação para alcançar o propósito definido.

Os pilares da confiança no trabalho

Agora que você já entendeu as diferentes formas da confiança no trabalho, é hora de entender o que de fato a sustenta no dia a dia. 

De acordo com o dicionário Michaelis, a palavra confiança significa “credibilidade ou conceito positivo que se tem a respeito de alguém ou de algo; crédito, segurança”.

Sendo assim, existem algumas outras características que fazem parte desse conceito. A partir desses pilares, fica mais fácil pensar em como promovê-los entre as equipes. Eles são:

Honestidade

Essa é uma das principais bases da confiança no trabalho, pois demonstra credibilidade. Para ter um ambiente confortável, é preciso que as ações estejam de acordo com as falas, e não é possível fazer isso sem honestidade.

Muitos profissionais podem ter medo de serem honestos no trabalho ao cometerem erros, prometerem prazos irrealistas, etc. Contudo, a segurança em sempre poder expressar-se verdadeiramente é de muito importância para o colaborador sentir confiança na empresa.

Competência técnica

Assim como introduzimos anteriormente, o funcionário precisa ter a confiança de que domina todas as capacidades técnicas para realizar sua função.

Essa confiança permite que ele vá além de realizar seus processos. Ao dominar a parte técnica, ele também se sentirá livre para inovar e melhorar constantemente seu trabalho. A empresa, sabendo que conta com um profissional que tem controle sobre suas atividades, também confia que os resultados que precisa para crescer serão entregues.

Empatia

Confiar no outro também é um ato de empatia. Isso porque, mesmo sem viver a mesma realidade e como é seu dia a dia, você confia nele para desempenhar um papel essencial para a organização.

Ao praticar a empatia no ambiente de trabalho, a confiança é fortalecida porque as pessoas se sentirão seguras em expressar seus desafios, sentimentos e outros pontos importantes, sabendo que serão ouvidas.

Compromisso

Esse pode ser um ponto delicado quando falamos de confiança, principalmente por algumas relações entre líderes e liderados.

Se qualquer uma das partes não acredita que a outra desempenha seu trabalho com compromisso, a confiança é abalada. Dessa forma, isso pode gerar uma série de conflitos, sendo um dos principais motivos para relações de trabalho serem prejudicadas.

Por isso, é importante que todos na organização entendam que suas funções são parte de um processo maior realizado pela empresa. Ao assumirem esse compromisso com ela, eles também garantem que nenhum fluxo será prejudicado.

Você sabe qual o custo da saúde
emocional para sua empresa?

8 passos para desenvolver um ambiente de confiança no trabalho

A construção da confiança entre um time é um trabalho contínuo. Dessa forma, é preciso criar o senso de pertencimento entre a equipe, fazendo-os entender que podem contar um com o outro, além de ter o suporte da empresa.

Para te ajudar nessa missão, separamos 8 passos que você pode aplicar na organização!

1 – Construa um ambiente de autonomia

O maior voto de confiança que a empresa pode dar é mostrar para o colaborador na prática que confia nele, tornando-o protagonista de sua função.

Quando você oferece autonomia, demonstra que confia plenamente no trabalho do time. Além disso, um ambiente controlador e que promove o microgerenciamento é uma das principais causas de desânimo e alta rotatividade, além de colaborar para o desenvolvimento de doenças como a Síndrome de Burnout.

Muitos negócios têm receio de que a autonomia signifique uma queda na produtividade, nos resultados e nas entregas. Entretanto, é exatamente nesse ponto que a confiança no time deve estar presente.

Se você quer flexibilizar a rotina da sua equipe, deixe bem claro para ela que esse é um voto de confiança no trabalho dela. Assim, ela sentirá que deve cumprir com a responsabilidade depositada.

2 – Reforce a confiança no trabalho na cultura interna

Nada cria um ambiente de confiança no trabalho quanto fazer com que esse conceito seja parte da cultura da empresa.

Sempre que possível, reforce esse valor por meio de ações internas. É possível promover atividades e dinâmicas de grupo para fortalecer as relações e a confiança entre times.

3 – Crie um ambiente colaborativo

A união é essencial para que a confiança seja estimulada no trabalho. Por isso, as pessoas precisam se sentir parte do propósito da organização.

É preciso ter certeza de que todas elas se sintam à vontade para compartilhar novas ideias, serem ouvidas e consideradas. Até porque, o espírito de equipe é essencial para construir relações saudáveis no trabalho.

Equipes com divisões e que não estimulam a colaboração entre os funcionários tendem a ter mais dificuldades para aumentar a confiança no trabalho.

Portanto, estimule os seus colaboradores a sentirem que são, de fato, um time. Assim que eles se sentirem parte ativa dos objetivos da empresa, a confiança aumentará.

4 – Aposte na flexibilidade

Se tem uma tendência que o crescimento do trabalho à distância trouxe é essa. A boa notícia é que ela também pode ser implantada para aprimorar a confiança no trabalho.

As pessoas naturalmente têm picos de produtividade, concentração, etc. Assim, promover um ambiente flexível ajuda a impulsionar isso e ainda faz com que o colaborador sinta que a empresa confia nele o suficiente para permitir que ele escolha seus melhores horários e ambientes de trabalho (quando possível).

5 – Compartilhe as metas da empresa

A confiança na empresa também diz respeito a quanto cada membro está conectado com os objetivos do negócio. Existem diversos benefícios em reforçar as metas da empresa com os funcionários.

Isso aumenta a confiança deles nos resultados e nos planos do negócio, e também contribui para a satisfação com a função que desempenham, já que eles contribuem com o objetivo final.

6 – Use o feedback como aliado

A comunicação, com certeza, é uma das bases de um ambiente com confiança. Nesse sentido, tanto os feedbacks positivos quanto os construtivos são úteis para estreitar laços entre os colaboradores.

Isso porque, ele sentirá que pode contar com o retorno sincero de um líder ou colega, o que contribui para ele entender como está sua performance.

Quando essa abertura ao feedback é incentivada entre os líderes, também faz com que os liderados se sintam seguros para expor opiniões, sugestões e pontos de melhoria.

Com um ambiente aberto ao feedback, a confiança é um dos muitos pontos que é aprimorado!

7 – Estimule a comunicação clara e empática

De encontro ao que falamos sobre feedbacks, é necessário garantir que a comunicação usada seja ideal. 

Muitos problemas são gerados na organização simplesmente por uma comunicação irregular. Sendo assim, estimular uma comunicação assertiva é essencial para gerar ambientes com confiança.

É possível fornecer guias, conteúdos, treinamentos e rodas de conversa sobre o tema. Uma boa ideia é apresentar o tema da comunicação não-violenta na empresa, que promove diversos benefícios.

Lembra-se do estudo de Paul Zak, sobre confiança e felicidade, que mencionamos acima? Ele participou de um TED onde explicou mais sobre o assunto, e como ações voltadas a uma melhor comunicação podem ajudar as empresas. Confira a palestra completa no vídeo abaixo (existem legendas disponíveis, se necessário).

Essa noção faz com que o colaborador se sinta mais respeitado e pronto para assumir novos desafios. É fácil imaginar como contribui para a construção da confiança no trabalho, certo?

8 – Invista no bem-estar dos colaboradores

Como você viu quando falamos dos tipos de confiança, muitas vezes essa característica está ligada a fatores pessoais de cada um. 

Além disso, a falta de confiança pode ser agravada por algumas condições, como a ansiedade.

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o Brasil registrou 576 mil concessões de afastamentos por transtornos mentais e comportamentais em 2020, o maior número já registrado.

Ainda, segundo dados da Previdência Social, a depressão representa 37,8% das licenças médicas por transtorno mental no Brasil.

Portanto, as empresas, como uma das principais ocupações da vida do trabalhor, conseguem não só evitar essas condições, como colaborar com a produtividade, a melhora nos resultados e a confiança.

Isso porque, ao conseguir ter saúde mental no trabalho, os colaboradores se sentem mais felizes e equilibrados, confiando que a organização se importa com seu bem-estar. Assim, eles conseguem se engajar mais com o negócio e aumentar sua performance.

Como aplicar a confiança no trabalho com equipes remotas?

O trabalho remoto é um assunto muito em pauta nas empresas atualmente. Um estudo de uma empresa global de consultoria mostrou que 85% das empresas adotaram esse estilo de trabalho desde o início da pandemia da Covid-19.

Ainda, de acordo com uma pesquisa da GPTW, 82% das 150 melhores empresas para se trabalhar adotaram um horário de trabalho flexível, e 62% atuam no modelo home office.

Essa escolha, sem dúvidas, exige muita confiança. Além da organização e definição de expectativas e resultados, é necessário que funcionário e empresa formem um acordo para entender como ambos podem ajudar a manter a produtividade, os resultados e a qualidade do trabalho.

Ainda, existem maneiras de aumentar a confiança no trabalho remoto. Algumas boas práticas que você e a sua equipe podem adotar são:

  • Não esperar respostas imediatas nos meios de comunicação;
  • Ser gentil com a situação de cada funcionário que trabalha remotamente;
  • Reforçar a abertura à comunicação sempre que necessário;
  • Investir no bem-estar físico e emocional do time, para que ele consiga dar o seu melhor de qualquer lugar.

Como manter um ambiente que inspire confiança no trabalho?

Como você conferiu, existem diversas ações que podem ser feitas para estimular a confiança, e elas devem ser constantes nas organizações.

Porém, existe um conceito geral que ajuda as empresas a entenderem como está e como melhorar o clima organizacional: a segurança psicológica. E esse conceito tem ligação direta com a confiança no trabalho. 

Segurança psicológica representa a construção de um ambiente saudável e que estimula a colaboração, em que as pessoas se sintam confortáveis em serem elas mesmas. Essa é uma característica essencial para que colaboradores alcancem resultados de alta performance. 

Inclusive, construir um ambiente de confiança no trabalho é o primeiro passo para aplicar a segurança psicológica. A partir disso, é possível realizar uma série de fatores que previnem o time de desenvolver transtornos mentais e ainda aumentam o bem-estar.

Portanto, se você está aqui e pretende aplicar as nossas dicas, saiba que já avançou na jornada de desenvolver uma cultura interna mais saudável!

Como a OrienteMe pode te ajudar a desenvolver a confiança no trabalho?

A confiança no trabalho é fruto de uma série de fatores e exige equilíbrio. Como você viu, é muito benéfico que as organizações invistam em ações para seus colaboradores, e cuidar do bem-estar físico e mental deles é uma delas.

Saiba que, a cada dólar investido que as empresas investem em ações voltadas à saúde, elas ganham até quatro dólares de retorno. Porém, sabemos que nem sempre é fácil pensar e estruturar esses projetos. 

Saiba que a OrienteMe pode te ajudar nessa missão. Somos uma plataforma que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia e orientação nutricional online.

Ao contratar a plataforma para a sua empresa, os trabalhadores ganham acesso a profissionais de psicologia e nutrição certificados e experientes. Além disso, o time da OrienteMe, além de acompanhar o bem-estar dos colaboradores, caminha junto à sua empresa para promover ações constantes que potencializam ainda mais a saúde dos funcionários como um todo.

E mais: a equipe de RH tem acesso ao Portal Corporativo, um painel que permite acompanhar a evolução de diversos indicadores, como índices de estresse, principais temas tratados e muito mais!

Interessou-se pela nossa plataforma e quer conhecê-la melhor? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar o seu negócio!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Mantenha-se informado, e tenha os melhores conteúdos
para seu desenvolvimento diretamente no seu email.

Não se preocupe, prometemos não mandar spam

E-BOOK GRATUITO

Como o Feedback pode transformar as relações na sua empresa.
Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.