Qualidade de vida no trabalho

People analytics: o que é e como aplicar na empresa

Daniela Haidar Chohfi -

No mundo do RH, as empresas buscam constantemente maneiras de melhorar os processos e aumentar a eficiência.  Por isso, uma das áreas que vem ganhando destaque é a chamada “people analytics“, ou análise de pessoas, em português. 

Segundo uma pesquisa pesquisa realizada pelo LinkedIn com 7 mil profissionais de RH em 35 países diferentes, 73% afirmam que a análise de dados em RH será prioridade para suas empresas nos próximos cinco anos.

Trata-se de uma abordagem que utiliza dados e análises para obter indicadores como forma de entender e aprimorar o desempenho dos funcionários e, consequentemente, da empresa como um todo.

Neste post, vamos explicar o que é people analytics e como aplicá-lo na sua empresa. 

Vamos mostrar como a análise de dados pode ser útil para otimizar a gestão de pessoas e tomar decisões mais estratégicas. Se você quer saber mais desse assunto que está em alta no mundo corporativo, continue lendo!

O que é people analytics?

People analytics é uma abordagem analítica que utiliza dados e métricas para entender o comportamento e as necessidades dos funcionários dentro de uma organização. 

Essa prática é amplamente utilizada na área de Recursos Humanos e tem como objetivo principal otimizar a gestão de talentos e outros processos relacionados à formação de um RH estratégico.

Com o uso de tecnologias avançadas, é possível coletar e analisar dados sobre o desempenho dos funcionários, seus interesses, habilidades, competências e até mesmo sua satisfação com a empresa. Essas informações são utilizadas para tomar decisões mais assertivas sobre:

  • Contratação;
  • Promoção e bonificações;
  • Treinamento;
  • Desenvolvimento dos colaboradores;

Além disso, o people analytics também pode ajudar a identificar problemas internos e a encontrar soluções mais eficazes para:

  • Aumentar a produtividade;
  • Melhorar o clima organizacional;
  • Reduzir o turnover.

Assim, com a crescente importância das pessoas nas organizações, o uso do people analytics tem se tornado cada vez mais essencial para garantir o sucesso das empresas no mercado atual.

Como surgiu o conceito de people analytics?

Embora a prática de coletar dados sobre funcionários e usar análises para tomar decisões já existisse há algum tempo, o termo “people analytics” ganhou destaque em meados dos anos 2000.

Nesse período, as organizações começaram a perceber o potencial de usar dados e análises para obter insights sobre seus colaboradores e otimizar seus processos de gerenciamento de talentos.

Com a crescente demanda por insights baseados em dados para apoiar decisões estratégicas de negócios, o people analytics tornou-se um campo cada vez mais importante e sofisticado, mais precisamente em torno de 2010. 

Hoje em dia, trata-se de uma prática comum em muitas organizações em todo o mundo.

Para que serve o people analytics?

O people analytics é uma das metodologias mais valiosas para empresas que buscam otimizar seus processos de negócios. 

Por meio do uso de dados, é possível obter informações sobre desempenho, absenteísmo, satisfação e outros dados relacionados aos funcionários de uma organização. 

Com a ajuda do people analytics, os líderes empresariais saem do achismo e têm certeza ao tomar decisões relacionadas aos recursos humanos, como recrutamento, treinamento e desenvolvimento, remuneração e benefícios.

A metodologia ainda ajuda criar um ambiente de trabalho mais produtivo e eficiente, já que ao aproveitar as informações disponíveis sobre seus colaboradores, as empresas podem tomar decisões mais inteligentes que levam a melhores resultados financeiros e maior satisfação dos funcionários.

Quais os benefícios de utilizar o people analytics?

O uso de people analytics no setor de recursos humanos pode trazer vários benefícios significativos para uma empresa.

Confira:

1 – Tomada de decisões baseadas em dados

Como abordamos, em vez de depender apenas de intuições ou suposições, as decisões são respaldadas por análises e insights objetivos, o que pode levar a escolhas mais acertadas e eficientes.

2 – Melhoria na gestão de talentos

Ao analisar dados de recrutamento, seleção e desempenho, é possível identificar padrões e características que levam ao sucesso dos funcionários, facilitando a tomada de decisões mais eficazes na contratação e retenção de talentos.

3 – Otimização do desenvolvimento e treinamento

Ao analisar dados de desempenho, competências e programas de treinamento, o people analytics pode identificar áreas de melhoria e fornecer insights sobre as necessidades de desenvolvimento dos colaboradores

Assim, o RH direciona os recursos de treinamento de maneira mais eficiente.4 – Redução da rotatividade de funcionários

O people analytics pode identificar os principais impulsionadores de rotatividade na organização.

Dessa maneira, o RH pode tomar medidas proativas para melhorar a experiência dos funcionários, aumentar o engajamento e reduzir o turnover.

5 – Melhoria da eficiência operacional

A análise de dados de processos internos do RH, como folha de pagamento, benefícios, recompensas e gestão do tempo, pode revelar oportunidades de otimização e automação.

Dessa forma, tudo isso resulta em uma maior eficiência operacional, redução de erros e liberação de tempo para que a equipe do RH se concentre em atividades estratégicas e de maior valor.

Dan Pink, um especialista em desenvolvimento profissional, aborda a questão das recompensas como um meio de motivação e destaca que as recompensas convencionais não são tão eficazes quanto se acredita. Confira clicando no vídeo:

6 – Antecipação de tendências e necessidades futuras

O people analytics também pode ajudar o RH a identificar tendências emergentes e antecipar necessidades futuras da força de trabalho, prevendo lacunas de habilidades, identificando talentos com potencial de liderança e adaptando as estratégias de recrutamento e desenvolvimento de acordo com as mudanças nas demandas do mercado.

Quais erros evitar ao aplicar o people analytics?

Ao aplicar o people analytics, é importante evitar alguns erros comuns que podem comprometer os resultados. 

Acompanhe:

Não definir claramente quais são os objetivos da análise 

É fundamental ter uma compreensão clara do que se espera alcançar com a aplicação do people analytics, para que se possa definir as métricas adequadas e avaliar se os resultados obtidos estão alinhados com a estratégia da empresa.

Não considerar a privacidade dos dados dos colaboradores

As informações coletadas devem ser tratadas com o máximo cuidado e ética. 

Assim, é importante garantir a privacidade dos funcionários e evitar qualquer tipo de discriminação ou uso indevido das informações.

Não envolver as equipes de RH e liderança na implementação do people analytics

Essas equipes devem ser parte integrante do processo de análise de dados, para que possam compreender melhor as informações coletadas e usá-las de forma eficaz na tomada de decisões.

5 dicas para o RH usar o people analytics nas empresas

Se você ainda não aplica o people analytics na empresa, confira 5 dicas para começar a fazer isso o quanto antes:

1 – Defina metas claras

Identifique as áreas-chave em que você deseja obter insights, como:

Ter metas bem definidas ajudará a orientar suas análises e garantir que você esteja coletando os dados certos para obter os insights desejados.

2 – Escolha um bom software

Antes de adquirir um sistema, é crucial estabelecer os objetivos e necessidades da sua empresa.

Isso ajuda a selecionar um modelo que atenda de maneira eficiente às suas demandas.

3 – Colete e organize os dados

Isso pode incluir informações de sistemas de gestão de recursos humanos, avaliações de desempenho, pesquisas de clima organizacional, dados de recrutamento, entre outros. 

Portanto, certifique-se de ter sistemas adequados para coletar, armazenar e gerenciar esses dados de maneira segura e acessível.

4 – Analise os dados de forma significativa

Utilize ferramentas de análise de dados e técnicas estatísticas para extrair insights significativos dos seus dados. 

Por exemplo, você pode: 

  • Identificar padrões de desempenho entre os colaboradores de diferentes departamentos
  • Descobrir as características que levam ao sucesso em determinadas funções
  • Verificar os principais impulsionadores de rotatividade 
  • Analisar os fatores que levam ao engajamento dos funcionários

Essas análises ajudarão a embasar suas decisões e ações no RH. Inclusive, a orienteme pode te ajudar a analisar e cuidar da saúde da sua empresa.

Como uma plataforma de gestão de saúde ocupacional, mapeamos, avaliamos e disponibilizamos os indicadores mais significativos para identificar como estão os níveis de saúde e bem-estar da sua equipe. 

Assim, você pode identificar casos de risco e entender como você pode agir estrategicamente.

Com a ajuda do time da orienteme e do nosso Portal Corporativo exclusivo, você tem uma série de informações que ajudam a construir um people analytics forte.

Ainda, a orienteme oferece atendimento psicológico, nutricional e orientação física para os colaboradores da sua organização

Ao medir os níveis de saúde da sua empresa, você também consegue acompanhar a evolução geral da sua equipe no atendimento, além de outros indicadores de bem-estar, e muito mais!

Conheça mais sobre a orienteme na nossa página para empresas.

5 – Comunique os resultados e tome ações

Prepare relatórios e apresentações que destaquem os principais insights e recomendações para ações. 

Além disso, utilize esses insights para orientar as decisões estratégicas do RH, como aprimorar programas de treinamento, ajustar as práticas de recrutamento ou implementar políticas de retenção de talentos.

Conte com a orienteme para otimizar sua gestão de talentos!

Nós sabemos que tomar decisões mais assertivas e eficientes faz toda a diferença no sucesso de um negócio e na boa gestão de pessoas de uma organização, o que não é simples. 

Com a tecnologia como aliada, a orienteme é capaz de fornecer apoio especializado na construção de ações capazes de melhorar a saúde de seus colaboradores. Para isso, você pode contar com o portal da orienteme! 

O Portal Corporativo orienteme fornece dados de maneira descomplicada para que você se torne um expert em People Analytics, permitindo que você realize o acompanhamento de elegibilidade, cadastros e uso, faça mapeamento dos níveis de risco da população e obtenha insights para tomada de decisões e ações efetivas.

Isso tudo aliado à possibilidade de atendimento com psicólogos, nutricionistas e orientadores físicos, como forma de cuidar ativa e preventivamente da saúde da sua equipe. Assim, é possível melhorar indicadores estratégicos e ter uma equipe de alta performance.

Interessou-se pela nossa plataforma, mas quer conhecê-la melhor? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar sua empresa e sua equipe!

Entenda como a orienteme concentra a saúde e o bem-estar da sua empresa em uma só solução.

indicadores de rh

Mais sobre Saúde Ocupacional

Importância de treinamentos sobre gerenciamento de estresse para equipes

Atuação estratégica do RH pode evitar transtornos mentais relacionados ao trabalho

Doenças mentais incapacitantes para o trabalho

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​