Qualidade de vida no trabalho

Plano de carreira em Y: o que é, detalhes e como fazer já

Daniela Haidar Chohfi -

O plano de carreira em Y é uma tendência em crescimento nas empresas e, por isso, desperta a atenção de diversos profissionais de psicologia organizacional

Isso porque, esse plano de carreira rompe com os modelos tradicionais e mostra outros caminhos de crescimento profissional que não necessariamente levam para a liderança.

Por isso, o plano de carreira em Y pode ser uma opção para contribuir não apenas com a satisfação dos colaboradores, mas com a estratégia da empresa. 

A seguir, vamos explicar mais sobre o assunto e também:

  • O que é plano de carreira;
  • Quais os tipos de planos de carreira;
  • O que é plano de carreira em Y;
  • Como fazer um plano de carreira;
  • Como fazer um plano de carreira em Y;
  • Exemplo de plano de carreira em Y
  • Vantagens e desvantagens desse modelo;
  • Como o RH pode ajudar, e mais.

O que é plano de carreira?

O plano de carreira é uma ferramenta estratégica que planeja a carreira e o crescimento profissional de um colaborador. Portanto, o plano de carreira pode guiar a trajetória dos indivíduos na empresa ou também ser desenvolvido de maneira pessoal.

Sendo assim, esse plano é composto por metas e objetivos a serem alcançados e que determinam os níveis hierárquicos dentro de cada carreira

Então, se determinado funcionário deseja alcançar uma promoção, ele consegue compreender claramente quais passos precisam ser seguidos para consegui-la.

Ainda, a empresa determina quais são as competências e resultados esperados de cada cargo, o que ajuda os colaboradores a entenderem quais passos devem ser alcançados para alcançar uma promoção, por exemplo.

Além disso, o plano de carreira é um grande diferencial competitivo, já que vem se tornando cada vez mais uma necessidade do mercado. Isso porque, ao desenhar a carreira e as melhorias que acompanham a evolução do time na empresa, é possível fazê-lo ficar mais engajado e motivado a crescer.

Por outro lado, o plano de carreira ainda ajuda a empresa a reter talentos por muitos anos e crescer estrategicamente. Entretanto, existem diversos fatores que acompanham um plano de carreira atrativo e eficiente, como:

O que é plano de carreira em Y?

O plano de carreira em Y permite com que os funcionários cresçam em duas direções: para cargos de gerência ou aprimorando suas habilidades como especialista.

Portanto, esse modelo de carreira em Y rompe com diversos estigmas do mercado de trabalho, possibilitando que aqueles funcionários que não têm interesse em liderança (ou não desenvolveram as habilidades necessárias) ainda tenham opções estratégicas para crescer.

Dessa forma, a empresa garante crescimento e satisfação para ambas as partes. Portanto, ao crescer na empresa, as características de cada uma das “pontas” da carreira em Y são:

  • Gerência: focado no desenvolvimento de líderes. Neste modelo, o profissional pode passar, por exemplo, pelas carreiras de estagiário, analista, assistente, supervisor, coordenador, gerente, diretor e, por fim, chegar à presidência;
  • Especialista: proporciona maior desenvolvimento técnico e oportunidades de inovação dentro da função exercida, sem que necessariamente leve à gestão. Portanto, neste modelo os cargos seriam: estagiário, analista, assistente, consultor, especialista, mestre e, por fim, conselheiro.

Leia também: Síndrome de Burnout: o que é, causas, sintomas e muito mais

Descubra como evitar as consequências jurídicas do Burnout

Quais os tipos de planos de carreira?

Apesar de apresentarmos o plano de carreira em Y neste artigo, é importante introduzir os outros modelos, já que são outras opções que se adequam aos diferentes contextos das empresas. Alguns outros modelos de carreira além do plano de carreira em Y são:

  • Plano de carreira horizontal: aqui, não existe a possibilidade de ascensão no nível hierárquico, pois todos os colaboradores ocupam o mesmo nível. Aqui, geralmente existe uma gestão colaborativa na empresa;
  • Plano de carreira em rede: aqui, o profissional experimenta diversas opções de carreira e escolhe a mais adequada para si;
  • Plano de carreira em linha: o plano de carreira em linha geralmente é um modelo mais rígido, possibilitando que o profissional cresça em apenas uma direção. Por isso, é mais comum em instituições militares e órgãos parecidos.

Qual a diferença entre um plano de carreira W e em Y?

É comum acontecerem confusões relacionadas aos planos de carreira em Y e em W, e explicaremos o porquê.

A carreira em W oferece uma terceira alternativa às opções apresentadas pelo plano de carreira em Y, ficando entre a gestão e as habilidades técnicas. Portanto, esse terceiro modelo de carreira reúne as duas vertentes que compõem o modelo em Y.

Nesse caso, essa alternativa seria exercer uma gerência técnica. Ou seja, exige-se que esse profissional tenha um alto domínio de competências técnicas ao mesmo tempo que deve saber gerir uma equipe.

Como fazer um plano de carreira?

O primeiro passo para fazer um plano de carreira para a sua empresa é avaliar as possibilidades e as preferências da sua organização e equipe. Isso porque, por mais que o plano de carreira em Y ofereça diversas possibilidades, cabe a  você decidir o que é mais adequado para o time.

Ainda assim, existem algumas dicas que podem ajudar a implementar um bom plano de carreira, confira.

Explore os motivadores do time

Os motivadores são os principais pontos associados ao engajamento e à satisfação do time em relação ao trabalho, sendo particulares a cada um e também ligados à cultura organizacional da empresa.

Portanto, para fazer um plano de carreira eficaz, vale analisar e considerar o que o time mais valoriza em termos profissionais.

Invista em desenvolvimento

Seja qual caminho o seu plano de carreira possa oferecer aos colaboradores, uma certeza é que o desenvolvimento é necessário para qualquer profissional. Inclusive, esse tipo de benefício é um dos mais procurados pelos colaboradores.

Defina metas e entenda as habilidades necessárias para cada cargo

Um plano de carreira em Y ou qualquer outro tipo é composto por fases e resultados que determinado colaborador deve alcançar para conseguir uma promoção. 

Portanto, ao montar esse projeto, é importante analisar cuidadosamente as atribuições de cada função e o que deve ser atingido para subir para o próximo nível.

É importante construir metas realistas e, em caso de dúvidas, contar com a ajuda de algum profissional da área.

Preze pela qualidade de vida no trabalho

Zelar pelo bem-estar no trabalho é tão importante quanto construir bons planos de carreira, pois colabora com a retenção de talentos e com a diminuição das chances de doenças ocupacionais entre o time, entre outros.

Portanto, para destacar a sua empresa no mercado e zelar pela equipe, benefícios e ações voltadas à frente da saúde integral devem fazer parte do dia a dia, pois, além de serem necessários, ainda colaboram com o aumento da produtividade e do engajamento.

Como fazer um plano de carreira em Y?

Fazer um plano de carreira em Y é uma tarefa que exige foco e análise, mas alguns passos podem ajudar. Confira quais são a seguir.

1 – Faça uma análise sobre a empresa e seus cargos

É importante ressaltar que o plano de carreira em Y é individual para cada empresa. Por isso, o primeiro passo é avaliar qual a atual situação da sua organização e como as mudanças podem começar a acontecer.

Analise qual o tipo de gestão aplicada, como as carreiras evoluem atualmente, quais benefícios são oferecidos e, inclusive, quais as sugestões do time para o desenvolvimento de planos de carreira em Y. O ideal é fazer um raio-X completo da sua organização.

2 – Analise os perfis dos colaboradores

Como destacamos, certos perfis podem se identificar mais com cargos de gerência ou com aqueles que reforçam as habilidades técnicas. Portanto, nesse passo cabe um estudo sobre o perfil comportamental dos colaboradores da sua empresa, tentando identificar esses padrões e preferências.

Leia também: saiba mais sobre o perfil de secretária.

3 – Defina os níveis de cada posição

Em seguida, um dos principais aspectos relacionados ao plano de carreira em Y é a definição dos níveis que baseiam o crescimento na empresa. Portanto, aqui, deve-se entender qual será o limiar inicial e quando as diferentes carreiras começarão a se diferenciar.

É importante que essa delimitação esteja alinhada com as responsabilidades esperadas e possíveis para cada função.

4 – Comunique de forma eficiente

Por fim, todo esse trabalho só será eficiente se for pautado por uma boa comunicação.

Portanto, é ideal que, além de anúncios gerais para a empresa por meio de e-mails, cartazes e outros meios, a mudança nos planejamentos de carreira seja comunicada de forma individual. Para isso, o RH pode contar com a ajuda dos líderes, que podem ter momentos separados com seus liderados.

Exemplo de plano de carreira em Y

Um exemplo agrega o plano de carreira em Y são aqueles que consideram os níveis de habilidades exigidos por cada momento profissional. Nestes casos, são divididos entre:

  • Júnior: é uma pessoa com uma experiência menor que cinco anos, geralmente recém-formada.
  • Pleno: tem entre 6 e 9 anos de experiência, exercendo tarefas mais complexas e estratégicas;
  • Sênior: um profissional de nível sênior tem mais de 10 anos de experiência e bastante autonomia no trabalho. Nestes casos, é alguém que não precisa de supervisão e tem liberdade para tomar decisões estratégicas;
  • Especialista: este não é um cargo muito comum nas empresas, mas pode ser necessário. O especialista é alguém com muita experiência e domínio sobre sua função. Portanto, costuma ajudar em momentos de incertezas ou necessidade de decisões estratégicas.

Portanto, o plano de carreira em Y se encaixa aqui, porque abrange os níveis hierárquicos que o profissional deve passar até subir de cargo, seja para uma posição de especialista técnico ou líder. Porém, o plano de carreira em Y pode ser ainda mais detalhado do que isso.

Para você entender melhor, vamos explicar como o plano de carreira em Y funciona na prática a partir do seguinte exemplo.

Plano de carreira em Y para marketing

Em marketing, o caminho da plano de carreira em Y para quem quer se tornar um especialista é o seguinte:

  • Aprendiz de marketing;
  • Estagiário de marketing;
  • Auxiliar de marketing;
  • Analista de marketing (aqui podem entrar os níveis júnior, pleno e sênior);
  • Consultor de marketing;
  • Especialista em marketing;
  • Mestre/Doutor em marketing;
  • Conselheiro em marketing.

Já a carreira para a liderança seguiria o caminho:

  • Aprendiz de marketing;
  • Trainee de marketing;
  • Operador de marketing;
  • Assistente de marketing;
  • Supervisor/coordenador de marketing;
  • Gerente de marketing;
  • Diretor de marketing;
  • Presidente de marketing.

Vantagens e desvantagens do plano de carreira em Y

Dados da Willis Tower Watson mostram que 78% dos funcionários relataram que são mais propensos a permanecer com um empregador por causa de seu programa de benefícios

Sendo assim, o plano de carreira em Y é um desses benefícios que diferencia as empresas. Entretanto, suas vantagens e desvantagens fazem com que seja mais adequado para determinadas situações. Para você entender melhor, separamos alguns desses pontos.

Vantagens

  • Fortalece a inovação na empresa;
  • Possibilita o crescimento sem ser necessária a posição de gerência, o que reduz as chances de que maus líderes possam destruir bons funcionários;
  • Aumenta  a percepção de segurança psicológica entre o time, que tem maior segurança sobre sua carreira;
  • Dá mais autonomia ao time;
  • É um diferencial que leva à diferenciação como empresa.

Desvantagens

  • Pode causar resistência à mudança em certos perfis;
  • Pode ser difícil determinar quais pessoas se adequam a cada jornada do plano de carreira em Y;
  • Desenvolvimento de apenas uma frente profissional.

É verdade que, com diversas possibilidades, o plano de carreira em Y pode ser um grande atrativo, rompendo com algumas tendências do mercado. Em seu Ted, Fernando Alberto explica como o planejamento é importante para a carreira, mas não deve barrar as mudanças.

Qual o papel do RH no desenvolvimento da carreira em Y?

O departamento de RH é o responsável pelo desenvolvimento e a implementação do plano de carreira em Y entre a equipe e, por isso, deve estar presente em todas as suas fases de execução.

Além disso, ele também é o principal canal para qual os colaboradores podem comunicar suas percepções sobre o plano e as condições da empresa em geral, sendo necessária uma comunicação empática e acolhedora.

Isso porque, esse departamento também faz uso de diversos indicadores de RH que podem ajudar no sucesso desse processo e na construção de uma empresa melhor e mais saudável.

Assim, também fica a cargo desses profissionais o monitoramento dessas métricas estratégicas para saber como está sendo a implementação do plano de carreira em Y.

Até porque, como esse é um processo diretamente ligado ao engajamento dos colaboradores, existem diversos indicadores de saúde e bem-estar que podem dar mais detalhes sobre como está a percepção da empresa

Esse é um dos trabalhos que a orienteme ajuda os profissionais de RH a desempenhar, focando no desenvolvimento e crescimento saudável de pessoas ao evoluí-las a partir da saúde integral, aumentando indicadores como produtividade e diminuindo a sinistralidade.

Confira a nossa página para empresas e saiba mais.

Conte com a orienteme para desenvolver o seu time!

O desenvolvimento e o crescimento de equipes é composto de diversos fatores, mas principalmente pelo equilíbrio emocional, nutricional e físico. Por isso, uma das principais ações que a sua empresa pode fazer para potencializar o time é oferecer possibilidades de evolução nesse sentido. 

Afinal, uma equipe desequilibrada não consegue dar o seu melhor, o que afeta diretamente os resultados de toda a empresa e os principais indicadores de RH.

A orienteme é a opção ideal para te ajudar nesta tarefa. Somos uma plataforma que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia, orientação nutricional e orientação física, porque a saúde é composta por um olhar holístico.

Ao contratar a plataforma para sua empresa, os trabalhadores ganham acesso a profissionais de psicologia, nutrição e orientação física com certificação e experiência. 

Além disso, a equipe de RH tem o Portal Corporativo, um painel que permite acompanhar a evolução de diversos indicadores que ajudam a diminuir os níveis de absenteísmo, sinistralidade e aumentar a produtividade, entre outros!

Interessou-se pela nossa plataforma, mas quer conhecê-la melhor? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar sua empresa e sua equipe!

Mais sobre Saúde Ocupacional

Importância de treinamentos sobre gerenciamento de estresse para equipes

Atuação estratégica do RH pode evitar transtornos mentais relacionados ao trabalho

Doenças mentais incapacitantes para o trabalho

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​