Qualidade de vida no trabalho

O que é cultura organizacional, como identificar como está a sua e dicas para aplicar

Daniela Haidar Chohfi -

Se você atua com psicologia organizacional, entender o que é cultura organizacional é o primeiro passo para impulsionar times, resultados e toda a empresa em geral.

Então, se você ainda é novo no assunto ou quer agregar ainda mais conhecimento, saiba que está no lugar certo! Entender esse conceito é de extrema importância para promover a verdadeira qualidade de vida no trabalho e ter colaboradores satisfeitos e saudáveis.

Até porque, ao entender o que cultura organizacional, é possível compreender como ela é uma das principais bases da organização e está presente em tudo que seus membros fazem, falam ou propõe

Mas como? É isso e outros pontos que explicaremos neste artigo. Você saberá:

  • O que é cultura organizacional;
  • O que compõe esse conceito;
  • Exemplos do que é cultura organizacional;
  • Qual sua importância;
  • A diferença entre cultura organizacional e clima organizacional;
  • Como mapear sua cultura e entender se ela não está bem;
  • Dicas de como melhorá-la, e mais.

Boa leitura!

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional de uma empresa é um conjunto de suas práticas, como comportamento organizacional, valores, missão e visão, entre outros componentes.

Ou seja, é uma representação do discurso e das ações que guiam a companhia e dão voz às suas ações. Por isso a importância de entender o que é a cultura organizacional, pois ela afeta diretamente o comportamento e até mesmo a saúde dos funcionários.

Assim, a cultura organizacional é expressada diretamente pelos funcionários, pelos produtos e serviços da empresa e até pelas trocas informais no dia a dia. Pode-se dizer que ela está envolvida em todos os processos e interações da empresa, afetando-os e sendo afetada por eles.

Ou seja, na prática, a cultura organizacional é como o negócio em sua totalidade se comporta no dia a dia. Inclusive, a identificação do colaborador com ela é o que faz com que ele “vista a camisa da empresa”.

Ainda, se você quiser se aprofundar nesse tema, uma indicação é o livro “Organizational Culture and Leadership” do psicólogo Edgar Schein, referência no assunto.

O que compõe a cultura organizacional?

Como você viu, entender o que é cultura organizacional não é uma tarefa fácil, já que esse conceito é composto por diversos aspectos. Para facilitar a compreensão, listamos alguns elementos da empresa que fazem parte da cultura organizacional:

  • Sua comunicação;
  • Seus bens, artefatos, materiais e outras possessões;
  • Sua história;
  • Suas tradições;
  • Seus valores, missão e visão;
  • A forma como os colaboradores se relacionam;
  • Seus rituais, cerimônias e celebrações.

Todos esses pontos estão presentes no dia a dia das empresas (de forma mais ou menos visível), e se integram para formar o que é a cultura organizacional. Por isso, a atenção para como essas práticas afetam a equipe é essencial.

Exemplos de cultura organizacional

Quando uma organização tem uma cultura organizacional forte e bem estruturada, ela se destaca em cada ação praticada pela equipe. Assim, isso pode ser tanto positivo quanto negativo, por isso a importância da atenção ao bem-estar no trabalho.

Geralmente, empresas com uma cultura organizacional forte também focam na employee experience (experiência do colaborador) e criam times motivados e realmente apaixonados por seus trabalhos e pelo que a empresa faz.

Mais adiante, você verá que os pilares para construir isso são principalmente voltados à qualidade de vida, ao respeito e à satisfação no trabalho.

Alguns exemplos de empresas que são conhecidas pela força de sua cultura organizacional de forma positiva são:

  • Google: uma das pioneiras no movimento de transformar o dia a dia no trabalho. Seus funcionários são guiados principalmente pela segurança psicológica e por um senso de inovação e transformação.
  • Starbucks: a empresa foi além de entender o que é cultura organizacional e tem uma das comunicações mais marcantes do mundo. Para isso, seus funcionários são orientados a oferecer um atendimento acolhedor, voltado à sustentabilidade e ao equilíbrio com o ambiente;
  • Apple: seu sucesso é baseado em criatividade e progresso. Por isso, esses dois pontos também guiam sua cultura organizacional.
  • Netflix: a rede de streaming aposta em diretrizes mais descontraídas para seus times. Para a rede, “liberdade e responsabilidade” se equilibram bem e conseguem formar equipes focadas em seu propósito.

Assim, a cultura organizacional está diretamente ligada ao que é desempenhado dentro da empresa e ao que ela valoriza mais. Dessa forma, essas noções são passadas diretamente aos colaboradores, que transmitem aos clientes e ao mercado, e assim por diante.

Portanto, esse trabalho interno é essencial para todo o equilíbrio da organização e seu posicionamento.

Qual a importância da cultura organizacional

Agora que você já entendeu o que é cultura organizacional, é mais fácil entender sua importância entre as empresas.

Até porque, esse conceito vai guiar como será o relacionamento do colaborador com a organização. Por isso, a sintonia desses depende exatamente de uma boa cultura organizacional, que faça sentido para quem atua nela.

Ainda, de acordo com uma pesquisa feita pela Deloitte, 88% dos funcionários e 94% dos executivos entrevistados afirmam que o sucesso a longo prazo de uma empresa é resultado do impacto de sua cultura organizacional.

Alguns outros pontos que reforçam a importância desse conceito são:

Esses são só alguns dos motivos que comprovam a relevância de uma boa cultura organizacional. Isso porque, como as empresas são compostas por pessoas, esse conceito, executado da melhor maneira, ajuda a cuidar delas, que são o maior patrimônio de qualquer organização.

Em seu Ted, Fernando Lanzer explica mais sobre as diferenças entre as culturas e como elas podem impulsionar a cultura organizacional de uma empresa. Confira:

O que é cultura organizacional e clima organizacional?

Quando falamos sobre esse tema, pode restar a dúvida entre a diferença entre cultura organizacional e clima organizacional.

Assim como abordamos, cultura organizacional é um conjunto de todos os elementos que compõem o dia a dia, voz e modo de agir de uma organização. É sua essência e está diretamente ligada à motivação e autoestima no trabalho.

Já o clima organizacional traduz a percepção coletiva que a equipe tem sobre a cultura organizacional. Ou seja, a partir de tudo que é promovido internamente, esse conceito vai avaliar qual é o impacto sentido pelos colaboradores, se é positivo, negativo, efetivo, etc.

Assim, avaliar isso fornece importantes indicadores de RH sobre o time. 

Como fazer mapeamento de cultura organizacional

Realizar um mapeamento de cultura organizacional é uma das formas mais efetivas de entender como anda o relacionamento da sua empresa com os funcionários.

Isso porque, ambientes tóxicos de trabalho sofrem com diversos problemas, como equipes desengajadas e até mesmo casos de Síndrome de Burnout.

Assim, o mapeamento de cultura organizacional permite entender quais são os padrões de comportamento que já existem na empresa, se eles fazem sentido com seu cenário e propósitos, ou se precisam ser ajustados.

Essa tarefa deve ser apoiada por um estudo profundo sobre a organização, sua comunicação, história e relacionamentos. Entretanto, alguns passos simples podem te ajudar:

  • Faça uma pesquisa interna: esse questionário pode conter tanto perguntas relacionadas à percepção do time sobre o clima, benefícios, comunicação e outros pontos importantes;
  • Identifique o estilo de liderança: líderes ruins são um dos principais pontos que podem prejudicar a cultura organizacional e a empresa em geral;
  • Avalie indicadores estratégicos: como anda o turnover, produtividade e outras métricas que indicam o dia a dia dos colaboradores da empresa? Saber esses dados também ajuda a mapear a cultura organizacional.
  • Identifique se a missão, visão e valores estão alinhados: esses pontos são os principais norteadores da empresa e devem estar claros para todos.

A partir dessas dicas, é mais fácil entender qual a situação atual da sua empresa. Isso é essencial para definir os próximos passos, caso alguma mudança seja necessária.

Descubra como evitar as consequências jurídicas do Burnout

5 sinais de que a sua cultura organizacional pode não estar bem 

Já que falamos do mapeamento de cultura organizacional, pode ter restado a dúvida: mesmo com todos esses dados, quais são os sinais rotineiros de que esse conceito não está forte na empresa?

Para te ajudar a ter um olhar mais assertivo sobre o problema, separamos 5 sinais que podem indicar que a sua cultura organizacional não vai bem.

1 – Alta taxa de turnover

Quando falamos sobre o que é cultura organizacional, reforçamos como o bem-estar no trabalho é necessário para que esse conceito seja forte na empresa. 

Por isso, ambientes com uma cultura organizacional inadequada costumam ter altas taxas de rotatividade, justamente por serem mais propícios a adoecerem os funcionários e a aumentarem a insatisfação.

2 – Muitos conflitos

Se o ambiente da sua empresa for tóxico ou competitivo em excesso, pode indicar riscos à uma boa cultura organizacional. Isso porque, são grandes as chances de que o estresse no trabalho seja alto e, assim, os conflitos também.

Com o tempo, essa situação desgasta a equipe e prejudica o trabalho.

3 – Casos de doenças ocupacionais

Um dos maiores indicadores de um local que precisa de ajustes é o surgimento de doenças. Em relação às empresas, isso é ainda mais expressivo, pois pode esbarrar em assuntos relacionados à saúde e segurança no trabalho.

4 – Desmotivação e/ou desengajamento

Apesar de poder estar relacionado a outros motivos, o desengajamento é um dos maiores indicadores de uma cultura organizacional ruim. Isso porque, o propósito e a satisfação no dia a dia são tão importantes quanto o trabalho realizado.

Inclusive, segundo um levantamento da Robert Half, 35% dos profissionais entrevistados afirmam que recusariam uma oferta de emprego com bom salário e benefícios, caso o nível de identificação com a companhia não atinja o percentual adequado.

5 – Relacionamentos ruins

No dia a dia, principalmente de equipes em modelo presencial, relacionamentos ruins entre equipes têm relação direta com a satisfação no trabalho. Especialmente falando em líderes e liderados, isso tem ainda mais importância.

Ainda, é importante ressaltar que, como cada empresa é única, esses fatores podem variar. 

Por isso a importância de entender o que é a cultura organizacional e como ela afeta a sua equipe.

3 dicas para construir uma boa cultura organizacional

Apesar de a cultura organizacional organizacional ser um mecanismo vivo na empresa, ela sempre pode ser fortalecida.

Principalmente se você acredita que o seu ambiente de trabalho precisa evoluir em bem-estar, as dicas que separamos podem ajudar.

1 – Reforçe a missão, a visão os valores da empresa

A missão, visão e valores são indicadores internos e externos de grande importância para as organizações. É a partir deles que a equipe sabe como agir, como se relacionar com o cliente e principalmente quais são as prioridades da empresa.

Essas concepções também ajudam a motivar os colaboradores no dia a dia e a fortalecer o verdadeiro do trabalho deles.

Uma maneira de reforçar a missão, visão e valores da empresa é promovendo programas de treinamento, imprimindo informativos sobre eles ou até mesmo disponibilizando-os em locais visíveis da empresa.

2 – Foque na qualidade de vida no trabalho

Uma empresa realmente satisfeita com sua cultura organizacional é sustentada por um pilar essencial: a qualidade de vida no trabalho.

Assim, na busca por uma empresa feliz, é preciso ter o bem-estar do colaborador no centro. Afinal, pessoas realizadas trabalham melhor e são mais produtivas, além de saudáveis.

Por isso, uma ótima ideia é promover um programa de qualidade de vida no trabalho, que é composto por diversas ações frequentes que aumentam o bem-estar e a satisfação na organização.

Ainda, para apoiar a sua cultura organizacional, os benefícios oferecidos pela empresa devem focar na promoção da saúde integral e de uma vida mais equilibrada. 

A orienteme é ideal para te ajudar nesta tarefa. Oferecemos bem-estar e qualidade de vida ao focar na saúde completa do colaborador, atuando a partir de psicologia e nutrição individuais e personalizadas. 

Ainda, mapeamos os principais indicadores para descobrir a situação da saúde atual da sua empresa e promovemos ações constantes e duradouras para a satisfação, bem-estar e engajamento do time.

Para saber mais, acesse a nossa página para empresas.

Entenda como a orienteme concentra a saúde e o bem-estar da sua empresa em uma só solução.

indicadores de rh

3 – Invista na segurança psicológica como base da sua cultura organizacional

Como falamos anteriormente, grandes referências no mercado, como Google e Microsoft, têm a segurança psicológica como base, justamente por ser um grande impulsionador de equipes felizes, criativas e satisfeitas.

O conceito de segurança psicológica se baseia na criação de um ambiente de trabalho saudável em que os colaboradores sintam-se seguros e livres para errar, sugerir, colaborar e desafiar processos antigos em busca da inovação. 

Assim, é fácil imaginar como esse conceito melhora o dia a dia no trabalho, certo?

Portanto, algumas mudanças que ajudam as empresas a concretizar esse conceito são:

  • Incentivar e exercitar uma boa comunicação;
  • Normalizar os erros e passar a enxergá-los como oportunidades;
  • Estimular a colaboração;
  • Organizar uma rotina de feedbacks entre todos os níveis hierárquicos e processos da empresa.

E não para aqui. para te ajudar a implementar a segurança psicológica na sua organização, a orienteme preparou um e-Book gratuito e exclusivo sobre o tema. Acesse já!

Conte com a orienteme para promover o bem-estar no trabalho na sua empresa!

Como você viu, é de interesse das empresas aprimorar seus ambientes de trabalho e promover mais equilíbrio entre carreira e saúde. Para isso, como abordamos, as ações devem ser contínuas e realmente fazer a diferença na vida do funcionário.

E é por isso que você deve contar com a orienteme para te ajudar nessa missão. Somos uma plataforma que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia e orientação nutricional online.

Ao contratar a plataforma para a sua empresa, os trabalhadores ganham acesso a profissionais de psicologia e nutrição certificados e experientes. Além disso, o time da orienteme, além de acompanhar o bem-estar dos colaboradores, caminha junto à sua empresa para promover ações constantes que potencializam ainda mais a saúde dos funcionários como um todo.

E mais: a equipe de RH tem acesso ao Portal Corporativo, um painel que permite acompanhar a evolução de diversos indicadores, como índices de estresse, principais temas tratados e muito mais!

Interessou-se pela nossa plataforma e quer conhecê-la melhor? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar o seu negócio!

clima organizacional

Entenda como a orienteme é a solução mais completa para cuidar da saúde da sua empresa.

Mais sobre Saúde Ocupacional

Importância de treinamentos sobre gerenciamento de estresse para equipes

Atuação estratégica do RH pode evitar transtornos mentais relacionados ao trabalho

Doenças mentais incapacitantes para o trabalho

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​