Orienteme Saúde Ocupacional e Bem Estar corporativo

Qualidade de vida no trabalho

Principais desafios do RH em 2024: quais são e como superá-los

Daniela Haidar Chohfi -

Cada vez mais, o setor de recursos humanos têm enfrentado mudanças únicas. Seja pelo desenvolvimento tecnológico, momento pós-pandemia da Covid-19 ou até transformações trazidas pelas novas gerações, os desafios do RH apresentam-se cada vez mais de diferentes formas.

E, claro, sabemos que cada setor responsável pela gestão de pessoas enfrenta, além das situações mais comuns para o mercado, seus dilemas únicos.

Porém, uma equipe de RH preparada consegue obter os maiores resultados, impulsionar a performance dos colaboradores e muito mais.

Abaixo, separamos quais são os principais desafios do setor de RH para 2024, e, a partir de estudos e tendências, nos propomos a ajudar você a solucioná-los. 

Vamos lá? Boa leitura!

Quais os principais desafios do RH em 2024?

Como disse Bill Gates: “A chave do sucesso nos negócios é perceber para onde o mundo está indo e chegar lá primeiro”. 

Assim, acreditamos que é com essa mentalidade que os profissionais de psicologia organizacional, e todos aqueles ligados à gestão de pessoas, devem olhar para os desafios do RH.

Quando falamos sobre esse tema, muitas pessoas podem adotar uma perspectiva pessimista. Porém, antes de apresentarmos esses desafios, gostaríamos de abordar um outro olhar: o de oportunidades.

Como aconselhou Bill Gates, quem conhece as tendências e desafios do mundo, está mais preparado para eles. Por isso, ao consumir conteúdos como este, você terá a chance de sair na frente do mercado. 

Então vamos lá: separamos os 6 principais desafios do RH em 2024.

1 – Recrutamento e retenção de talentos

A competitividade do mercado, o trabalho remoto e as preferências das novas gerações são alguns dos fatores que colaboram para o crescimento deste desafio entre o setor de RH.

Seja no início deste processo, na fase de atração e recrutamento, ou no final, quando falamos sobre retenção, esta não é uma tarefa fácil.

Afinal, bons colaboradores sempre serão cobiçados e, cada vez mais, cabe ao setor ser estratégico para manter os talentos nas empresas.

2 – Engajamento dos colaboradores

Além de recrutar e reter os melhores talentos, o RH também encontra desafios no momento de engajar o colaborador com o ambiente de trabalho.

Isso porque, o engajamento é uma questão multifatorial, que também depende de fatores como cultura organizacional, programas de reconhecimento, e muito mais.

3 – Qualidade de vida no trabalho

A qualidade de vida no trabalho tem se tornado cada vez mais importante por diversos motivos.

Primeiramente, ao promover esse conceito na empresa, é possível ter equipes mais engajadas, produtivas e comprometidas com o trabalho, pois sentem-se valorizadas.

Por outro lado, é cada vez mais nítida a importância de programas de bem-estar na empresa para prevenir problemas sérios, como Síndrome de Burnout, ansiedade e depressão, por exemplo.

É possível entender a dimensão do problema ao analisar que transtornos mentais são a terceira maior causa de afastamento do trabalho no Brasil.

Porém, entender como começar essa iniciativa e quais ações podem ser aplicadas é um grande desafio do RH, já que depende de fatores como:

  • Orçamento;
  • Tempo disponível para planejar as ações;
  • Planejamento estratégico;
  • Identificação das maiores necessidades da equipe, entre outros.

4 – Gestão de benefícios

A cartela de benefícios de uma empresa é, além de um reforçador de marca, um adicional competitivo no mercado, sendo bastante importante.

Porém, principalmente para equipes de RH mais enxutas, pode ser difícil fazer a gestão desses benefícios.

Até porque, como o mundo corporativo está sempre se reinventando, é necessária uma análise cuidadosa sobre a utilização do benefício, satisfação dos colaboradores com as opções oferecidas, retorno para a empresa, entre outros.

5 – Planos de carreira

Um plano de carreira é capaz de alavancar tanto a permanência do colaborador na empresa quanto os próprios resultados da organização.

Afinal, quanto mais ele evolui em sua função e torna-se mais estratégico, melhor suas entregas ficam.

Porém, com a variedade de carreiras dentro de uma empresa, a tarefa de elaborar os planos de carreira torna-se um grande desafio do RH, que deve contar com o apoio de outras áreas e bastante estudo sobre as tendências do mercado.

6 – Gestão de mudanças

Seja com o surgimento de novas inteligências artificiais que podem ajudar a facilitar o trabalho, mudanças imprevisíveis como a pandemia da Covid-19  ou até mesmo o cenário do mercado, é necessário que o RH esteja preparado para lidar com o desafio de dar apoio aos colaboradores para estes momentos.

E este é, inclusive, um dos maiores desafios do RH, pois demanda diversas habilidades, como:

Aproveitamos para trazer uma outra perspectiva a você: o que não muda no futuro do trabalho. Em seu Ted, Maira Habimorad aborda mais sobre o tema com uma abordagem única.

Como é possível superar os principais desafios do RH?

Superar os desafios do RH não é uma tarefa fácil e já adiantamos: precisa de resiliência constante. Porém, com as ferramentas e ações certas, é possível.

Algumas dicas para isso são:

Recrutar e reter mais talentos

Para otimizar o seu processo de recrutamento, uma dica é explorar as ferramentas mais assertivas para a vaga que está anunciando. 

Faça networking, entenda as palavras-chaves específicas do cargo e conte com a tecnologia para conectar você com profissionais qualificados.

Em relação à retenção, a maior dica que podemos dar é tornar a sua empresa um local atrativo para se trabalhar.

Porém, esse é um conceito que se expande cada vez mais.

Para o mercado, sabemos que, atualmente, uma boa remuneração não é o suficiente para recrutar e reter os melhores profissionais.

Assim, o principal, neste processo, é estudar quais são os pontos mais importantes para o segmento da sua empresa. 

Os talentos valorizam mais a qualidade de vida, oportunidades de crescimento, ou a diversidade e inclusão, entre outros?

Ou ainda, é preciso combinar todos esses fatores em sua cultura?

Para te ajudar a expandir o pensamento neste assunto, trouxemos algumas tendências:

  • 51% das empresas destacam oportunidades de desenvolvimento e treinamento para atrair mais candidatos (Índice de Confiança Robert Half, 2022);
  • Os benefícios mais procurados pelos potenciais colaboradores são: plano de saúde (40%), férias/folga remunerada (37%), bônus por desempenho (35%), auxílio-doença remunerado (32%), plano de aposentadoria (31%), horário flexível (30%) e benefícios de escritório (19%).

Treinamento e desenvolvimento

Um programa de treinamento pode ser uma boa solução para desafios do RH relacionados à essa frente.

Assim, partindo de um planejamento estratégico, é possível pensar em como fortalecer o time nos âmbitos técnicos e também nas habilidades interpessoais (soft skills).

Para estudar como montar planos de treinamento, é interessante contar com a ajuda dos líderes das áreas da empresa, para entender as necessidades de cada equipe.

Por outro lado, pensando no desenvolvimento de soft skills, é possível promover treinamentos gerais, palestras e outras estratégias.

Programas de qualidade de vida no trabalho

Colaboradores mais saudáveis têm maior produtividade, engajamento e comprometimento. Esse parece o desejo de todo RH, correto?

Assim, para lidar com seus desafios, uma das ações que o RH pode implantar é um programa de qualidade de vida no trabalho.

Um programa de qualidade de vida é composto por um conjunto de ações voltadas à promoção de hábitos saudáveis entre os colaboradores.

Algumas das frentes que podem ser trabalhadas através dele são:

  • Atividades físicas, com foco na redução do sedentarismo;
  • Alimentação saudável;
  • Saúde mental;
  • Desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Trabalho remoto e horário flexível;
  • Lazer e cultura.

Benefícios estratégicos

Sabemos que alguns benefícios se destacam entre as empresas, sendo vistos quase como essenciais.

Porém, para se diferenciar, você deve ir além do básico e pensar de maneira estratégica.

Assim, benefícios estratégicos são aqueles que agregam aos colaboradores, da mesma forma que dão algum retorno para empresa. 

Dessa forma, para sair na frente deste desafio do RH, você pode começar a pesquisar mais sobre quais os benefícios mais comuns e atrativos para o seu segmento.

E, da mesma maneira, para sair à frente, você deve se perguntar: quais benefícios são requisitados pelos colaboradores, mas as empresas não costumam oferecer?

Outra dica é facilitar a gestão dos benefícios ao promover soluções integradas.

A orienteme, por exemplo, é uma plataforma de gestão de saúde corporativa, que concentra o bem-estar dos seus colaboradores em uma solução.

Ações de engajamento

Aqui, adiantamos que as suas ações devem refletir a cultura e o clima organizacional da sua empresa.

Sendo assim, a primeira consideração que você deve ter, é: busque informações direto da fonte, ou seja, seus colaboradores.

Uma pesquisa anônima, ou feedbacks honestos, podem ajudar a determinar o que eles sentem que poderia ser feito para aumentar o engajamento.

Além disso, algumas ações que indicamos são:

  • Palestras e rodas de conversa sobre temas de interesse do time;
  • Ofereça uma boa comunicação e canais abertos de diálogo;
  • Invista no desenvolvimento técnico e pessoal dos colaboradores;
  • Tenha benefícios que visem o bem-estar;
  • Quando possível, promova a flexibilidade no trabalho.

Desenvolvimento de planos de carreira

A melhor forma de entender como formular os planos de carreira para a sua empresa é observando as tendências de mercado e também as necessidades dos seus colaboradores.

E, além disso, você pode explorar diversos tipos de planos de carreira, como:

  • Plano de carreira em Y;
  • Plano de carreira em W;
  • Plano de carreira em linha;
  • Plano de carreira paralela;
  • Plano de carreira em rede, entre outros.

Procure se informar sobre cada um, e com base nas necessidades da sua organização, entender qual ou quais são os mais adequados.

Fortalecimento de um time pronto para mudanças

Um time pronto para lidar com mudanças também pode ser um grande diferencial. 

Porém, para lidar com esse desafio, uma dica é o desenvolvimento da segurança psicológica nas empresas.

O conceito de segurança psicológica consiste em fornecer um ambiente em que os colaboradores possam inovar, dar ideias, questionar e errar sem serem punidos.

Essa metodologia pauta o trabalho de equipes como as do Google e Microsoft, exatamente por criar times ousados, inovadores e sem medo da mudança.

Conte com a orienteme para superar e antecipar os principais desafios do RH na sua empresa!

Para superar os desafios do RH, é preciso que o setor tenha uma estratégia completa e, principalmente, qualificações atraentes para os candidatos.

E, para a satisfação e bom desempenho no trabalho, acreditamos que tudo começa na saúde e bem-estar. 

Afinal, uma equipe desequilibrada não consegue dar o seu melhor, o que afeta diretamente os resultados de toda a empresa e os principais indicadores de RH.

A orienteme é a opção ideal para te ajudar nesta tarefa. Somos uma plataforma que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia, orientação nutricional e orientação física, porque a saúde é composta por um olhar holístico.

Ao contratar a plataforma para sua empresa, os colaboradores ganham acesso a profissionais de psicologia, nutrição e orientação física com certificação e experiência. 

Além disso, a equipe de RH tem o Portal Corporativo, um painel que permite acompanhar a evolução de diversos indicadores que ajudam a diminuir os níveis de absenteísmo, sinistralidade e aumentar a produtividade, entre outros!

Interessou-se pela nossa plataforma, mas quer conhecê-la melhor? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar sua empresa e sua equipe!

Entenda como a orienteme concentra a saúde e o bem-estar da sua empresa em uma só solução.

indicadores de rh

Mais sobre Saúde Ocupacional

O que é um Coach físico para empresas? Vale a pena?

O que é a ergonomia no trabalho, qual a importância e como desenvolver

Como escolher a nutricionista ideal para sua empresa

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​