Qualidade de vida no trabalho

O que é gestão de pessoas? As melhores estratégias para potencializar a sua

Daniela Haidar Chohfi -

A dúvida sobre “o que é gestão de pessoas” pode estar presente no dia a dia das empresas, por ser uma área tão interligada à de psicologia organizacional e recursos humanos, mas principalmente por sua necessidade no dia a dia.

Isso porque, a pesquisa “Criando vantagens para as pessoas 2021: o futuro das prioridades na gestão de recursos humanos”, realizado pela consultoria Boston Consulting Group e pela World Federation of People Management Association com identificou as estratégias de pessoas e RH (91%) e o desenvolvimento de lideranças (89%) como as prioridades para as empresas brasileiras nos próximos anos.

Porém, essa tarefa só é eficiente ao entender a fundo o que é a gestão de pessoas e como ela pode ser estratégica no dia a dia. Esses são alguns tópicos que iremos abordar neste guia:

  • O que é gestão de pessoas;
  • Qual o objetivo da gestão de pessoas;
  • Como é dividida;
  • Tipos de gestão de pessoas;
  • Os 5 pilares dessa área;
  • Principais indicadores de gestão de pessoas;
  • 4 livros sobre o assunto;
  • Como tornar a sua gestão mais estratégica, e mais.

Boa leitura!

O que é gestão de pessoas?

Como o nome sugere, a gestão de pessoas está ligada ao trabalho realizado pela organização para cuidar e gerenciar seus colaboradores. 

Portanto, suas atividades estão ligadas mais à qualidade de vida no trabalho e ao crescimento pessoal e profissional da equipe.

Assim, suas estratégias são pautadas em maneiras de evoluir o time para que ele esteja cada vez mais engajado e desempenhando suas funções com alta performance.

Além disso, uma das principais funções da gestão de pessoas é analisar como está o comportamento organizacional na empresa, ou seja, a forma como a equipe age no ambiente interno.

Isso porque, sem essa análise, não é possível ter uma gestão de pessoas eficiente, como explicaremos mais à frente.

Qual o objetivo da gestão de pessoas?

Em poucas palavras, podemos dizer que o objetivo da gestão de pessoas na empresa é o desenvolvimento dos colaboradores.

Com esse desenvolvimento, é possível potencializar os resultados da organização e criar uma cultura de aprimoramento constante, tanto a nível pessoal quanto profissional, o que beneficia também o engajamento.

Dessa forma, as empresas encontram na gestão de pessoas uma maneira de zelar e potencializar seu principal ativo: as pessoas.

Diferenças entre gestão de pessoas e recursos humanos (RH)

Apesar de serem áreas interligadas, os conceitos de o que é gestão de pessoas e recursos humanos (RH) são diferentes.

O RH é um departamento mais voltado para a administração geral dos membros de uma empresa, obtendo uma versão macro de seus objetivos. 

Portanto, ela pode lidar com a parte mais burocrática desse processo, como admissão de novos colaboradores, planos de carreira e controle de indicadores.

Já a gestão de pessoas é responsável por um direcionamento mais micro, voltado a ações específicas para desenvolver, engajar e impulsionar os colaboradores, garantindo motivação e melhorando os resultados individuais.

Leia também: Síndrome de Burnout: o que é, causas, sintomas e muito mais

Como é dividida a gestão de pessoas?

As frentes que dividem o que é a gestão de pessoas dentro da empresa estão ligadas aos pilares dela, que iremos discutir mais adiante. Isso porque, 

  • Recrutamento e seleção: com os melhores atrativos para manter e potencializar os talentos na empresa;
  • Qualidade de vida no trabalho: que envolve o treinamentos de líderes, apoio e oferecimento de benefícios, condições adequadas para a realização de funções, segurança psicológica, entre outros:
  • Treinamento e desenvolvimento: como um dos objetivos e responsabilidades da gestão de pessoas, deve ser sempre uma prioridade do setor, a partir de ações como benefícios de bem-estar e crescimento, programas de treinamento, feedbacks constantes, etc.

Os 5 pilares da gestão de pessoas

Uma gestão de pessoas realmente estratégica segue os 5 pilares que a sustentam, que são:

  • Comunicação;
  • Motivação;
  • Treinamento e desenvolvimento;
  • Liderança;
  • Trabalho em equipe.

Porém, você deve estar se perguntando: por que focar nesses pilares no dia a dia? 

A resposta é simples: eles são efetivos na missão de ajudar as empresas a implantarem a gestão de pessoas, pois focam em pontos que realmente a fazem trazer resultados.

1 – Comunicação

Desenvolver uma boa comunicação é importante para diversas áreas da vida e, na carreira profissional, é uma das habilidades interpessoais mais relevantes.

Com a gestão de pessoas não é diferente. Por isso, suas práticas devem ser focadas em uma comunicação clara e eficiente, que inspire os colaboradores a fazerem o mesmo.

Isso porque, sem esse alinhamento, é mais difícil conquistar os resultados desejados, o que pode comprometer o negócio.

2 – Motivação

A motivação é o combustível que gera colaboradores mais motivados e felizes no dia a dia. Por isso, todas as ações de gestão de pessoas devem considerar esse pilar.

3 – Treinamento e desenvolvimento

O treinamento e desenvolvimento é uma das principais ferramentas que ajudam a empresa e aos seus colaboradores a evoluírem constantemente, mantendo-se relevantes no mercado.

Como esse é um dos principais objetivos da gestão de pessoas, ela também deve ser pautada nesse pilar e, além de contar com ações de acordo com isso, estar presente na cultura e nos discursos da organização.

4 – Liderança

O zelo e o desenvolvimento de lideranças também é uma peça fundamental para uma gestão de pessoas eficaz. 

Isso porque, o líder é uma figura central no desenvolvimento da empresa, responsável pelo progresso de seus colaboradores e um elemento central no engajamento das equipes.

5 – Trabalho em equipe

Por fim, o trabalho em equipe une todos os pilares citados acima, sendo uma das bases de todas as funções realizadas pela gestão de pessoas.

Isso porque, ao fortalecer o individual, é possível potencializar ainda mais os resultados coletivos.

Leia também: Ginástica laboral: minha empresa precisa? quais os tipos? [Guia completo + exemplos]

Tipos de gestão de pessoas

Os tipos de gestão de pessoas estão ligados diretamente com a cultura organizacional, os valores e até mesmo ao tipo de liderança aplicado. Isso porque, essa é uma escolha particular das empresas, com base em seus processos e dia a dia.

Assim, alguns tipos de gestão de pessoas que podem ser aplicados nas empresas são:

Gestão democrática

Na gestão democrática, há a preocupação e consideração sobre os feedbacks da equipe, envolvendo-a ativamente nos processos de tomada de decisão.

Portanto, equipe e líderes são vistos como figuras centrais, o que diminui a presença da hierarquia na empresa.

Gestão meritocrática

Neste modelo, é considerado o mérito como a base do crescimento e desenvolvimento na empresa. Dessa forma, a cultura da empresa costuma girar em volta desse conceito.

Assim, podem ser premiados esforços coletivos ou individuais dos colaboradores.

Gestão com foco em resultados

Na gestão com foco em resultados, os colaboradores são guiados pelos meios que mais trazem retorno à empresa. Dessa forma, é preciso uma análise constante sobre esses conceitos e como é possível adequar a rotina de trabalho a eles.

Gestão autoritária

É o oposto da gestão democrática. A hierarquia é a base deste modelo, que não considera os colaboradores no processo de tomada de decisão e os deixa em uma posição de menor liberdade, em que eles recebem as instruções e apenas as executam.

Gestão comportamental

Este método planeja suas ações e objetivos com base no comportamento dos colaboradores da empresa.

Por estar bastante alinhado às tendências de gestão de pessoas nos últimos anos, têm ganhado bastante relevância.

Gestão inspiradora

Este tipo de gestão está bastante ligado a outros conceitos ligados à liderança. Isso porque, aqui, o objetivo é inspirar os colaboradores através do exemplo.

Por conta disso, a gestão inspiradora costuma construir laços de admiração entre os membros da organização. 

Leia também: Neurodivergente: o que é, exemplos e principais dúvidas!

Principais indicadores de gestão de pessoas

Os indicadores de gestão de pessoas podem variar com o objetivo, porte e outras especificidades das empresas. Porém, alguns principais que costumam acompanhar a rotina dos profissionais desta área são:

  • Taxa de produtividade;
  • Índice de rotatividade;
  • Absenteísmo;
  • Sinistralidade;
  • Índice de clima organizacional;
  • Média de tempo na empresa;
  • Saúde ocupacional;
  • Acidentes de trabalho;
  • Número de afastamentos do trabalho.

4 livros para desenvolver a gestão de pessoas 

Assim como outros setores ligados ao RH, a gestão de pessoas também está ligada a acompanhar as evoluções do mercado e, para isso, os livros são uma ótima opção para te manter atualizado quanto às tendências, contribuindo para várias áreas do desenvolvimento.

Para aprofundar a sua jornada na tarefa de entender o que é gestão de pessoas, separamos 4 livros que vale a pena conferir.

Comunicação Não-Violenta — Marshall B. Rosenberg

A partir da comunicação não-violenta, é possível praticar a comunicação empática e o respeito em todos os ambientes. Nesta obra, o psicólogo Marshall Rosenberg introduz o conceito de uma forma prática, com ideias de como aplicá-lo em todos os tipos de relacionamentos.

Para empresas, esse conceito ganha ainda mais força com o passar do tempo, pois apresenta diversos benefícios.

Em seu Ted sobre o assunto, a especialista em comunicação e desenvolvimento humano, Carolina Nalon, explica mais sobre o tema:

O monge e o executivo: Uma história sobre a essência da liderança — James C. Hunter

Este livro é um clássico, que conta uma lição sobre como ser um líder justo e admirado.

Nele, Leonard Hoffman, um famoso empresário, abandona sua carreira em seu auge para se tornar monge em um mosteiro beneditino. A partir dessa experiência, ele aprende os princípios fundamentais dos verdadeiros líderes.

Essa obra ajuda a entender o que está por trás de grandes líderes que envolvem sua equipe no dia a dia e conseguem fazer com que ela dê o melhor de si sempre, mudando a perspectiva de quem lê sobre suas relações.

A arte de lidar com pessoas – Jamil Albuquerque

A arte de lidar com pessoas se propõe a unir a capacitação e o humanismo, transformando a inteligência emocional interpessoal em uma grande vantagem competitiva.

Com reflexões simples, mas certeiras, ele permite com que o leitor amplie sua visão de pontos que pareciam batidos na rotina, colocando seus relacionamentos em perspectiva.

Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações — Idalberto Chiavenato

Esta obra clássica da área promete trazer uma visão além da administração dos recursos humanos: a gestão do talento.

Em seu livro, Idalberto Chiavenato apresenta as tendências e as expectativas para a gestão de pessoas nos próximos anos. É um recurso completo e interativo para aprofundar o conhecimento no tema.

Como fazer a gestão de pessoas de forma estratégica

Agora que você já entendeu mais sobre o que é gestão de pessoas, separamos algumas dicas que podem deixar esse trabalho mais estratégico na sua empresa.

Analise o perfil comportamental dos colaboradores

A teoria dos perfis comportamentais está diretamente relacionada ao comportamento organizacional, pois explica o que forma as pessoas como elas são, como elas agem, etc.

Isso porque, perfis comportamentais dizem respeito à maneira de agir de cada um, quais suas motivações e modos de pensar.

Portanto, ao analisar este ponto na organização, é possível entender mais ativamente quais ações de gestão de pessoas são mais estratégicas para motivar e desenvolver o grupo.

Avalie quais investimentos mais trazem retorno

Apesar de existirem diversos pilares e maneiras de realizar a gestão estratégica, vale focar no que traz mais benefícios à sua organização. 

Estes podem ser, por exemplo, programas de qualidade de vida, oferecimento de benefícios, dinâmicas de grupo focadas em desenvolvimento, entre outros.

Para determinar isso, pesquisas de clima e avaliações de desempenho também podem ajudar.

Dê e receba feedbacks constantes

Os feedbacks são a base de uma organização que desenvolve uma boa comunicação no trabalho. Como vimos, eles também são um dos pilares da gestão de pessoas, sendo de extrema necessidade.

Portanto, não deixe de criar  uma verdadeira cultura de feedbacks na empresa, transformando a noção de que são algo esporádico.

Conte com a orienteme para ajudar com os desafios na gestão de pessoas

A saúde e o bom desempenho no trabalho são compostos por diversos fatores, mas principalmente pelo equilíbrio emocional, nutricional e físico. Por isso, uma das principais ações que a sua empresa pode fazer para potencializar o time é oferecer possibilidades de evolução nesse sentido. 

Afinal, uma equipe desequilibrada não consegue dar o seu melhor, o que afeta diretamente os resultados de toda a empresa e os principais indicadores de RH.

A orienteme é a opção ideal para te ajudar nesta tarefa. Somos uma plataforma de gestão de saúde corporativa, que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia, orientação nutricional e orientação física, porque a saúde é composta por um olhar holístico.

Ao contratar a plataforma para sua empresa, os trabalhadores ganham acesso a profissionais de psicologia, nutrição e orientação física com certificação e experiência, além de um mapeamento completo feito pelos indicadores estratégicos da orienteme, que identificam como está a situação atual da sua empresa. 

A equipe de RH tem o Portal Corporativo, um painel que permite acompanhar a evolução de diversos indicadores que ajudam a diminuir os níveis de absenteísmo, sinistralidade e aumentar a produtividade, entre outros!

A partir disso, você conta com a orienteme para conectar seus colaboradores com os melhores profissionais em cada caso a ser tratado, além de uma equipe pronta para te ajudar a entender os indicadores de saúde da sua empresa e promover ações assertivas.

Interessou-se pela nossa plataforma, mas quer conhecê-la melhor? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar sua empresa e sua equipe!

Mais sobre Saúde Ocupacional

Importância de treinamentos sobre gerenciamento de estresse para equipes

Atuação estratégica do RH pode evitar transtornos mentais relacionados ao trabalho

Doenças mentais incapacitantes para o trabalho

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​