Qualidade de vida no trabalho

Como a diversidade no ambiente de trabalho impacta os colaboradores? + Como promover

Daniela Haidar Chohfi -

O tema da diversidade no ambiente de trabalho é um assunto em alta no mundo da psicologia organizacional e das empresas em geral.

Uma  pesquisa da Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelou que a maior parte das empresas brasileiras está preocupada em ampliar a diversidade entre seus colaboradores.

Isso porque, ampliar a diversidade no mercado de trabalho contribui com a valorização das pessoas, que são os maiores ativos das empresas, e ainda apoia o impulsionamento de resultados no dia a dia.

Mas como isso acontece? Esse é um dos assuntos que iremos explicar neste artigo. Você também entenderá:

  • O que é a diversidade no ambiente de trabalho?
  • Diversidade e inclusão são o mesmo?
  • Qual a importância da diversidade nas empresas?
  • Qual o impacto da diversidade nas organizações?
  • Quais os desafios para incentivar a diversidade no ambiente de trabalho?
  • Dados sobre diversidade no mercado de trabalho;
  • Como promover a diversidade e inclusão nas empresas.

Boa leitura!

O que é a diversidade no ambiente de trabalho?

O conceito de diversidade no ambiente de trabalho compreende a maior variedade possível de pessoas. Essa variedade aborda diversos tipos de diversidade nas empresas, desde gênero, idade, cor, classe social, cultura, entre outras.

Em um ambiente diverso, todas essas diferenças são apreciadas e vistas como um expansor de possibilidades e ideias na empresa. Isso porque, essa variedade de pessoas existe na sociedade e precisa ser representada pelas empresas também. Esse é um dos pontos que ajuda, inclusive, a impulsionar um ambiente de trabalho saudável.

Ainda, sabemos que nem sempre o acesso a empregos é igual para todos devido à questão sócio-histórica da sociedade e também por, infelizmente, o preconceito enraizado em alguns momentos.

Por isso, para tentar minimizar essa disparidade e oferecer oportunidades àqueles que teriam mais dificuldades em alcançá-las, a diversidade nas organizações é um conceito de extrema importância.

Leia também: Segurança psicológica: o que é, importância e como aplicar

Qual a diferença entre diversidade e inclusão?

Nessa jornada em relação a conhecer melhor esses conceitos, é bastante comum se perguntar se diversão e inclusão significam o mesmo. A resposta é não.

Isso porque, a diversidade representa a pluralidade de pessoas que existem na sociedade, com suas características e diferenças que abordamos anteriormente. Já a inclusão é o movimento de possibilitar acesso e oportunidades a todas essas pessoas da forma mais igualitária possível.

Assim, retomando o que já falamos, por conta de preconceitos e fatores sociais, culturais ou econômicos, determinados grupos de pessoas podem ter mais dificuldades em acessar esses espaços, por isso a importância da inclusão no mercado de trabalho, que destina oportunidades diretamente a esses indivíduos.

Qual a importância da diversidade nas empresas?

Como abordamos, o comportamento organizacional se beneficia da pluralidade do ambiente. Por isso, a importância da diversidade nas empresas é reforçada por seus vários benefícios.

Alguns deles são:

  • Possibilita uma melhor gestão colaborativa;
  • Aumenta as chances de evolução na empresa;
  • Contribui com maiores resultados;
  • Eleva o clima organizacional;
  • Aumenta a produtividade;
  • Colabora com o crescimento pessoal e profissional do time;
  • Aumenta a confiança da equipe, ao demonstrar o respeito e a confiança no trabalho;
  • Agrega valor social ao produto/serviço oferecido pelo negócio.

Sem contar que essa transformação nas empresas é uma necessidade sentida pelo próprio mercado de trabalho. Assim, a relevância que os negócios dão à diversidade e inclusão impacta diretamente em sua imagem.

Ainda, é importante ressaltar que existem diversos tipos de diversidade no ambiente de trabalho, como a social, de acessibilidade, religiosa, entre outras. Portanto, para que esse trabalho seja efetivo na empresa, é preciso trabalhar a conscientização individual e coletiva nas organizações.

Para se aprofundar no assunto, Viviane de Araújo, especialista em diversidade e inclusão e consultora no assunto, fala exatamente sobre como iniciar esse caminho de desconstrução em seu Ted “Diversidade e inclusão: conviver transforma”. Confira!

Leia também: O que é Síndrome de Burnout? Quais os sintomas? [GUIA]

Quais os desafios no momento de incentivar a diversidade no ambiente de trabalho?

O caminho para ter mais diversidade e inclusão nas empresas não é linear. Essa tarefa se encontra com uma série de desafios. Porém, reconhecê-los é o primeiro passo para superá-los. Por isso, listamos quais são e quais ações precisam mudar nas culturas organizacionais para que eles sejam ultrapassados.

Desigualdade de oportunidades

Primeiro, é preciso entender que as oportunidades não são iguais para todos no mercado de trabalho. Isso acontece por uma série de fatores, como desigualdades sócio-econômicas, acesso à educação e preconceitos, por exemplo.

Por isso, é necessário que as empresas reavaliem a constituição de seus times para entender como essas oportunidades estão distribuídas.

Além disso, é importante destacar que essa desigualdade de oportunidades deve ser considerada principalmente em relação aos cargos de liderança. Isso porque, essas posições costumam ser as com menor diversidade nas organizações, principalmente entre as mais tradicionais.

Conscientização nas empresas

Muitas vezes o assunto da diversidade no ambiente de trabalho nem é exposto nas empresas, justamente por não ser reconhecido como uma necessidade. Por isso, ainda é necessário trabalhar uma boa comunicação e conscientização nesses ambientes.

Resistência à mudança

Apesar da necessidade de aceitar as pessoas e suas diferenças, muitos ainda podem ter dificuldade em mudar e apresentar resistência. Isso pode ser impulsionado até mesmo por preconceitos.

Nesses casos, é preciso incentivar um trabalho de sensibilização na empresa, lidando com esses casos e agindo firmemente sobre quaisquer demonstrações de desrespeito ou preconceito. 

Assim, uma das maneiras de lidar com aqueles que têm opiniões contrárias é oferecer conteúdos educacionais e até mesmo acesso à psicoterapia, que ajuda a pessoa a lidar com esses pré-conceitos limitantes.

Dados sobre diversidade no mercado de trabalho

A diversidade no ambiente de trabalho é um assunto cada vez mais presente no dia a dia das organizações e os números reforçam isso. Para ilustrar esse cenário, reunimos algumas informações relevantes, como:

  • De acordo com a consultoria empresarial McKinsey,  negócios que valorizam a diversidade no processo de recrutamento têm resultados 25% melhores do que as empresas que não investem nisso;
  • Segundo dados da Glassdoor Economic Research, empresas têm definido Diversidade e Inclusão (D&I) como uma de suas principais prioridades. A pesquisa destaca um aumento de 37% nas vagas destinadas (ou de alguma forma relacionadas) a funções de D&I nos Estados Unidos, França e Alemanha em 2019, em comparação com 2018;
  • Um levantamento realizado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), a plataforma Somos Diversidade e UNAIDS Brasil concluiu que 87% dos respondentes da pesquisa afirmaram que suas empresas gostariam de ser reconhecidas por valorizar a diversidade.

Como promover a diversidade no ambiente de trabalho?

É verdade que a promoção da diversidade e inclusão é uma tarefa que exige trabalho constante. Porém, com algumas mudanças, principalmente na cultura interna, é possível ter times cada vez mais diversos e inovadores. Separamos algumas dicas de como fazer isso.

1 – Comece com a informação e a conscientização

Quando o assunto é diversidade e inclusão nas empresas, a boa comunicação no trabalho é a chave para fazer com que as ações deem certo. 

Porém, quando estamos falando sobre “boa comunicação”, não se trata apenas de comunicados ou palestras, mas de uma verdadeira mudança de postura dentro da empresa.

Por isso, o próprio posicionamento da empresa – interno e externo – deve comunicar seu comprometimento com a promoção da diversidade nas organizações.

Ainda, de forma prática, é possível mapear as principais dúvidas dos colaboradores e propor atividades que tragam o assunto de forma respeitosa e sensível.

Além disso, é importante garantir que a empresa tenha um canal de comunicação aberto para a denúncia de qualquer problema relacionado ao preconceito ou discriminação de qualquer tipo.

2 – Atente-se aos processos seletivos

Cuidar para que o time seja o mais diverso e inclusivo possível é um trabalho que começa nos processos seletivos da organização.

Por isso, é importante estar atento a como os times são formados atualmente na empresa e como é possível diversificá-los, trazendo mais diversidade no ambiente de trabalho.

Esse é um dos motivos que faz com que muitas empresas contem com profissionais de RH destinados exclusivamente à diversidade e inclusão. Porém, é preciso criar processos seletivos mais inclusivos a partir de algumas práticas, como:

  • Certifique-se de que a divulgação da vaga seja ampla, alcance diversas camadas sociais e grupos de pessoas. Além disso, é interessante variar a comunicação dela, para que também seja acessível a quem tem algum tipo de deficiência, por exemplo. Claro, não esqueça de dar um feedback positivo ou negativo para todos os participantes após o processo.
  • Avalie as exigências do cargo. Muitas vezes as empresas podem criar descrições de empregos com exigências que não condizem com a realidade da vaga. Por exemplo, se a pessoa não precisa ativamente usar inglês no dia a dia, vale a pena analisar se esse requisito é necessário. Ainda, segundo uma pesquisa da British Concil, apenas 5% da população brasileira domina a língua inglesa. Assim, muitos talentos podem ser perdidos por critérios que não fazem sentido na rotina do cargo.

Ainda, outra prática que a sua empresa pode aderir é a abertura de vagas para grupos minoritários na sociedade, garantindo o acesso a oportunidades justas sem nenhum tipo de discriminzação e ainda potencializando as chances desses profissionais, que poderiam encontrar mais desafios em outros ambientes.

3 – Implante indicadores de diversidade e inclusão

Os indicadores de RH são ótimas ferramentas para auxiliar também a tarefa de trazer maior diversidade no ambiente de trabalho. Com eles, é possível tirar a tarefa da diversidade e inclusão do “achismo” e utilizar inteligência baseada em dados que podem ser medidos com o tempo.

Alguns indicadores que devem ser observados nesse sentido são:

  • Engajamento e satisfação do time;
  • Ações promovidas no ambiente de trabalho;
  • Perfil socioeconômico/de gênero/de cor da empresa por cargo;
  • Representatividade na empresa;
  • Taxa de turnover.

Assim, apesar de nem todas as métricas estarem, de fato, relacionadas à diversidade e inclusão nas empresas, elas revelam como está a percepção do time em relação às ações promovidas.

4 – Envolva a liderança 

A verdade é que um mau líder pode destruir bons profissionais e ainda comemorar para que o ambiente de trabalho seja tóxico. Portanto, para que a diversidade no ambiente de trabalho seja uma prioridade nas empresas, os cargos mais altos devem estar alinhados com esse propósito.

Isso deve começar desde o alinhamento e a sensibilização dos líderes para o tema e se expandir até mesmo na presença de pessoas diversas na liderança.

5 – Desenvolva a cultura organizacional

A importância da diversidade nas empresas é realmente sentida quando ela é reforçada e faz parte do dia a dia dos colaboradores. Por isso, é preciso incentivá-la dentro da própria cultura organizacional da empresa. 

Dessa forma, algumas ações que podem ser feitas para valorizar a diversidade no ambiente de trabalho e engajar ainda mais o time são:

  • Proporcionar benefícios de saúde integral e desenvolvimento contínuo, para que as pessoas tenham o mesmo acesso a essas vantagens;
  • Organizar programas de reconhecimento, que podem contar também com reconhecimento de ações voltadas à diversidade no ambiente de trabalho;
  • Promover rodas de conversa, dinâmicas de grupo e outras atividades para reforçar a importância do tema no dia a dia;
  • Estimule o respeito e a liberdade para que as pessoas sintam-se confortáveis com suas diferenças;
  • Se possível, entenda como as circunstâncias de cada colaborador funcionam, proporcionando maior flexibilidade no trabalho e mais satisfação;
  • Desenvolva planos de carreira focados em metas e habilidades.

Lembre-se: o maior ativo das empresas são suas equipes. Por isso, cuidar para ter um time diverso e inovador é o ideal para impulsionar o negócio e colaborar com a qualidade de vida no trabalho.

Conte com a orienteme para promover um ambiente de trabalho saudável na sua empresa!

Como você viu, é muito benéfico que as organizações invistam em ações para evoluir cada vez mais seus colaboradores, e cuidar do bem-estar físico e mental deles é uma delas.

Saiba que, a cada dólar que as empresas investem em ações voltadas à saúde, elas ganham até quatro dólares de retorno. Porém, sabemos que nem sempre é fácil pensar e estruturar esses projetos, principalmente aqueles voltados à diversidade e inclusão nas empresas.

Saiba que a orienteme pode te ajudar nessa missão. Somos uma plataforma que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia e orientação nutricional online. 

Além disso, ajudamos organizações a sensibilizarem o time, promoverem treinamentos, rodas de conversas, eventos e outras ações voltadas ao desenvolvimento e bem-estar, que podem abordar assuntos de interesse, como os que abordamos neste artigo.

Ao contratar a plataforma para a sua empresa, os trabalhadores ganham acesso a profissionais de psicologia e nutrição certificados e experientes. Além disso, o time da orienteme, além de acompanhar o bem-estar dos colaboradores, caminha junto à sua empresa para promover ações constantes que potencializam ainda mais a saúde dos funcionários como um todo.

E mais: a equipe de RH tem acesso ao Portal Corporativo, um painel que permite acompanhar a evolução de diversos indicadores, como índices de estresse, principais temas tratados e muito mais!

Quer evoluir e desenvolver os seus colaboradores com o apoio da orienteme? Entre em contato com um de nossos consultores e entenda como podemos ajudar o seu negócio!

Mais sobre Saúde Ocupacional

Importância de treinamentos sobre gerenciamento de estresse para equipes

Atuação estratégica do RH pode evitar transtornos mentais relacionados ao trabalho

Doenças mentais incapacitantes para o trabalho

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​