Qualidade de vida no trabalho

Assiduidade: importância para o RH, normas da CLT e muito mais!

Daniela Haidar Chohfi -

Você já ouviu falar sobre a assiduidade no trabalho? Assiduidade é um termo que remete ao comprometimento e engajamento com a empresa.

Por isso, é um conceito que, se trabalhado da forma adequada, pode fortalecer as relações entre os colaboradores e as empresas, além de representar benefícios para ambos os lados.

Portanto, construímos esse conteúdo para ajudar os profissionais de RH e gestão de pessoas a entenderem mais sobre esse conceito, como ele se aplica na empresa e também:

  • O que é o adicional de assiduidade;
  • Como calcular;
  • Qual a relação entre assiduidade, pontualidade e produtividade;
  • Como utilizar esse conceito de forma estratégica;
  • O que a CLT diz sobre a assiduidade e quais foram as mudanças recentes;
  • O que é inassiduidade habitual;
  • Como a empresa pode estimular a assiduidade, e mais.

Boa leitura!

O que é assiduidade no trabalho?

A assiduidade no trabalho diz respeito à constância do comportamento de um colaborador comprometido

Portanto, a assiduidade está relacionada ao esforço, pontualidade, dedicação e qualidade nas entregas realizadas pelos colaboradores.

Sendo assim, um colaborador assíduo expressa todas as qualidades acima, entre outras. Esse tipo de comportamento é ótimo para a empresa, pois ajuda a otimizar seus processos e entregas, além de colaborar com o engajamento no trabalho.

Ainda, a assiduidade é importante por colaborar com a qualidade de vida no trabalho, pois reflete o comportamento de uma equipe que vê propósito e tem satisfação no que faz.

Por isso, existem diversas estratégias para reconhecer e estimular esse tipo de postura na empresa, como mostraremos a você mais a frente.

Leia também: Quais os melhores benefícios para empresas? Guia completo sobre como escolher

Como saber se um colaborador é assíduo?

Apesar de o conceito estar ligado ao comprometimento com o trabalho, pode ser difícil definir, na prática, quando um profissional está apresentando assiduidade.

Para ajudar você, separamos alguns critérios que você pode analisar ao tentar definir se um colaborador é assíduo:

  • Ele permanece motivado e engajado?
  • Ele não deixa os desafios o desmotivarem?
  • Suas entregas são de alta qualidade? Ele se importa com essa qualidade?
  • Ele está sempre no horário?
  • Ele não tem faltas injustificadas?
  • Ele colabora com um bom ambiente de trabalho?
  • Ele tem um senso de crescimento na empresa e responsabilidade?

O que é adicional de assiduidade?

O adicional de assiduidade é um tipo de bônus ou reconhecimento que é concedido àqueles profissionais que possuem maior pontualidade, qualidade, esforço, comprometimento e menor número de faltas, entre outros critérios.

E quem não gosta de ser reconhecido por fazer um bom trabalho, certo?

Dessa forma, é uma maneira de a empresa reconhecer o esforço e comprometimento do colaborador, deixando claro que essa é uma prática valorizada.

Assim, geralmente as empresas bonificam o colaborador com um valor extra na remuneração, além de apontar em um feedback a importância desse comprometimento.

Como calcular o adicional de assiduidade?

O cálculo do adicional de assiduidade varia bastante de organização para organização. Isso porque, não existe uma norma relacionada ao valor que a empresa irá bonificar seu colaborador, pois depende de uma análise individualizada.

Porém, existe um exemplo prático muito comum entre os RHs. Nesses casos, o cálculo do adicional de assiduidade é feito levando em consideração o salário base do colaborador que ganhará o reconhecimento.

Funciona da seguinte forma: vamos supor que a empresa decidiu conceder um adicional de 5% em cima da remuneração atual de um profissional que ganha R$ 3.000.

Dessa forma, o cálculo seria: 5% x 3.000 = R$ 150. 

Portanto, na folha de pagamento do colaborador constaria, então, o valor atual de R$ 3.000 + R$ 150 da bonificação. 

Por que promover o adicional de assiduidade nas empresas?

Promover o adicional de assiduidade na sua empresa pode ajudar a reforçar bons comportamentos entre a equipe, e reconhecer aqueles que estão acima da média.

Dessa forma, é possível aumentar o engajamento e a motivação da equipe. 

Ao estabelecer o adicional de assiduidade, aqueles colaboradores com ótimas entregas podem sentir-se reconhecidos, o que também reforça outros a se comportarem da mesma maneira.

Até porque, uma pesquisa realizada pela Right Management, aponta que profissionais motivados são 50% mais produtivos. Ou seja, é um investimento que retorna para a organização também.

E, nas empresas, a satisfação e o propósito são capazes de construir times fortes e engajados, que superam desafios e alcançam os maiores resultados porque acreditam em seu potencial e na missão da empresa.

Para aprofundar essa perspectiva, em seu TED sobre o assunto, Geovana Donella fala sobre a força e a diferença de trabalho com propósito. Confira:

Relação entre assiduidade, pontualidade e produtividade

A assiduidade, pontualidade e produtividade são conceitos que andam de mãos dadas, e vamos explicar o porquê.

Como abordamos, a assiduidade é um termo que agrupa todas as características relacionadas a um colaborador que é comprometido, confiável e realiza entregas excelentes.

Já a pontualidade diz respeito a estar sempre no horário. Ela é parte do que faz alguém ser considerado um profissional assíduo, mas não tem o mesmo significado.

Por sua vez, a produtividade é outro conceito que remonta à capacidade de entregar ótimos resultados em um menor período de tempo. Da mesma forma, é um termo ligado à assiduidade, pois essa é uma característica necessária para alcançá-la.

Leia também: Indicadores de RH: os 17 KPIs que você precisa conhecer!

Como o RH pode utilizar a assiduidade de maneira estratégica?

Existem diversos pontos em que a assiduidade pode colaborar no dia a dia do RH. 

Até porque, ter colaboradores assíduos significa ter uma equipe engajada e que veste a camisa da empresa. Essa postura ajuda o setor de recursos humanos pois:

  • Eleva a qualidade da entrega das empresas;
  • Diminui o absenteísmo;
  • Melhora a retenção de talentos;
  • Colabora com a imagem da empresa no mercado, e mais.
Orienteme - Plataforma de Saúde Ocupacional
Bem-estar no trabalho:
Tenha acesso a um conteúdo completo e a dicas exclusivas sobre:

O que a CLT diz sobre a assiduidade?

Em geral, a CLT não determina nada a ser seguido quanto à assiduidade na empresa, apenas restringe algumas práticas.

Por exemplo, está definido que a assiduidade é um valor à parte do salário. Assim, ele não é considerado no momento do cálculo do 13º e nem das férias.

Assim, o que diz o artigo 457 da CLT é o seguinte:

“Art. 457 – Compreendem-se na remuneração do empregado, para todos os efeitos legais, além do salário devido e pago diretamente pelo empregador, como contraprestação do serviço, as gorjetas que receber. (Redação dada pela Lei nº 1.999, de 1.10.1953) (Vide Lei nº 13.419, de 2017)”.

Leia também: Passivo trabalhista: o que é, como calcular, como diminuir [GUIA]

Quais os impactos da assiduidade na folha de pagamento?

Na folha de pagamento, o adicional de assiduidade é apenas um reconhecimento. Dessa forma, ele não altera nenhum dos outros cálculos.

Para fins de registro, ele é calculado à parte do salário. Portanto, na folha, os dois valores são apresentados separados antes de serem somados no valor final.

Como a reforma trabalhista alterou essa norma?

Antes da reforma trabalhista de 2017, a assiduidade fazia parte do cálculo do salário do colaborador. Até então, esses valores eram considerados em relação às férias e 13°.

Da mesma forma, por ser apenas um reconhecimento, ficou acordado que as empresas podem suspender essa bonificação a qualquer momento.

Outra alteração é que as empresas são obrigadas a utilizar um relógio de ponto para acompanhar as jornadas de trabalho da equipe, de modo que não haja excessos. Esse recurso também ajuda a monitorar a assiduidade.

A empresa é obrigada a pagar o adicional de assiduidade?

Não. Como falamos, não há nada na legislação trabalhista que indique essa obrigatoriedade.

O adicional de assiduidade é apenas um reconhecimento que as empresas dão para seus colaboradores, para valorizar seus esforços e estimular uma boa conduta.

Inassiduidade habitual: o que significa e quais as consequências

Se assiduidade remete à presença, a inassiduidade é o seu completo oposto.

Assim, no mercado de trabalho, existe o termo inassiduidade habitual, que significa a falta injustificada ao serviço por 60 dias, intercalados, no período de 12 meses.

Ou seja, configura uma série de abandonos do posto de trabalho, mesmo que em dias diferentes, durante o período de um ano, sem motivos que justifiquem essa atitude, como doenças. 

Nessa situação, o colaborador pode ficar sujeito à demissão por justa causa. O mesmo acontece para funcionários públicos.

Leia também: Afastamento do trabalho: como funciona? O que a lei diz? [Guia]

Como a empresa pode estimular a assiduidade?

Como vimos, tanto a organização quanto os colaboradores saem ganhando quando a assiduidade é presente na empresa. 

Para ajudar com esse objetivo, separamos algumas dicas que o RH pode aplicar.

1 – Fortaleça a cultura organizacional

Um local de trabalho agradável favorece a produtividade e colabora com menores índices de absenteísmo.

Portanto, esse trabalho começa com o fortalecimento do clima e da cultura organizacional. Para isso, algumas ações que o RH pode aplicar são:

  • Envio de questionários anônimos para entender qual a percepção dos colaboradores em relação à empresa;
  • Investir em flexibilidade de trabalho, quando possível;
  • Prezar pela ergonomia e segurança no trabalho;
  • Oferecer iniciativas de desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Cuidar para que o ambiente de trabalho tenha normas de conduta.

2 – Ofereça benefícios voltados à saúde e ao bem-estar

As plataformas de bem-estar e qualidade de vida são ótimas opções para cuidar da saúde da equipe de forma ativa e preventiva.

Esse tipo de benefício, além de ajudar a engajar a equipe em mudanças de vida saudáveis e duradouras, impulsiona a retenção e atração de talentos e colabora com o clima organizacional em geral.

Se feito de forma estratégica, esse tipo de iniciativa também ajuda o RH a monitorar a saúde dos colaboradores e prevenir doenças ocupacionais, como a Síndrome de Burnout, diminuir acidentes e afastamentos do trabalho, e mais.

Portanto, uma equipe saudável e engajada comparece mais ao trabalho, e também se dedica a ele com maior afinco.

E claro, você pode explorar as opções mais completas do mercado, contando com parceiros estratégicos que te ajudem com isso, como a orienteme

Nossa plataforma unifica o bem-estar psicológico, nutricional e físico da sua empresa, oferecendo qualidade de vida completa. Para saber mais, acesse a nossa página para empresas.

Leia também: Quais os melhores benefícios para empresas? Guia completo sobre como escolher

3 – Treine as lideranças

8 em cada 10 profissionais pedem demissão por causa do chefe.

E esse número não é à toa. Os líderes são um dos principais pontos de contato da equipe com a empresa e, por isso, também são muito responsáveis pela percepção deles em relação ao ambiente de trabalho.

Então, reforçamos que para ter um local de alta performance e bem-estar, a mudança deve partir deles.

É ideal capacitá-los para saberem como motivar a equipe sem passar dos limites e configurar um caso de assédio moral, por exemplo. Para potencializar o seu ambiente de trabalho, alguns temas que podem ser tratados são:

E, claro, é ideal que esses temas sejam estendidos a toda empresa, até como uma forma de promover o debate e conseguir gerar ainda mais sinergia e conscientização entre as equipes.

Conte com a orienteme para construir uma equipe saudável, produtiva e engajada!

Com a orienteme, a sua empresa pode unificar os benefícios de bem-estar da sua equipe e ter cuidado com a saúde mental, nutricional e física todos os dias do ano, sempre que precisar.

Somos uma plataforma de gestão de saúde corporativa, que conecta colaboradores a uma vida mais saudável por meio de psicoterapia, orientação nutricional e orientação física. Porque entendemos que a saúde é composta por um olhar holístico.

A orienteme atua com:

  • Mapeamento da situação da saúde emocional, nutricional e física de cada indivíduo, e também a média geral da empresa (que fica acessível ao RH);
  • Atendimento especializado em psicologia, nutrição  e orientação física de maneira individual para cada colaborador, a partir de uma ferramenta que conecta o profissional ideal às necessidades de cada colaborador;
  • Promoção de ações, treinamentos e lives constantes com temas relevantes para a empresa;
  • Ações de prevenção e atendimento de emergência em situações de risco;
  • Acesso ao Portal Corporativo, uma plataforma que permite a gestores e profissionais de RH avaliarem o progresso da saúde da equipe;
  • Biblioteca de conteúdos com dicas complementares de especialistas sobre assuntos voltados à saúde;
  • Resultados como aumento da produtividade, diminuição de ansiedade, estresse e depressão, redução da sinistralidade, diminuição no absenteísmo e muito mais!

Interessou-se pela nossa plataforma, e quer ver como funciona? Entre em contato com um de nossos consultores e agende uma demonstração de como podemos ajudar sua empresa e sua equipe!

Entenda como a orienteme concentra a saúde e o bem-estar da sua empresa em uma só solução.

indicadores de rh
Leia mais

Saúde e Direitos das Mulheres no Trabalho

Obesidade: como abordar assunto no trabalho

Qual o papel do RH na prevenção das ISTs?  

E-BOOK GRATUITO

e-Book Segurança Psicológica: o guia completo para criar equipes inovadoras​